Fitoenergética: 5 ervas que podem renovar suas energias

Confira a seguir quais as plantas mais poderosas no que se diz à mudança de pensamento, sentimento e energias
Fitoenergética-Energia-Plantas

Foto: iStock-Foxys_forest_manufacture

Algumas ervas que valem mais do que você pensa, sabia? Elas podem transformar o seu dia, sua forma de encarar o mundo e até mesmo melhorar aspectos negativos que trazemos conosco, como a frustração, traumas e dificuldade de perdão. A crença no poder das ervas vem do sistema da Fitoenergética, que tem como principal embasamento que as doenças nascem do desiquilíbrio das nossas emoções – e de alguns sentimentos.


Pensando nas potencialidades enegética das ervas, reunimos aqui algumas informações do livro "Fitoenergética - A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma" do escritor e especialista Bruno J. Gimenes, co-fundador da instituição Luz da Serra.

Confira a seguir plantas que escondem grandes potencialidades e como utilizá-las!

Açafrão - 

açafrão

Foto: iStock-nito100

Elimina a necessidade de mentir, traz a ética e os bons costumes, auxilia na agilidade para decidir e ter senso de direção, gera boas práticas e costumes positivos na vida.

Alecrim –

alecrim

Foto: iStock-zeleno

Acessa os registros akhásicos, libera traumas, medos e outros aspectos negativos registrados no ser, que estão “adormecidos”. Gera vontade de mudar e conhecer o novo, incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar.

Arruda –

arruda

Foto: iStock

É um dos maiores termômetros de ambientes, pois a arruda quando plantada indica a qualidade de energia local, que pode ser medida pela virtude da planta. Não vai bem a presença de pessoas não realizadas ou frustradas. Já quando utilizada nos compostos fitoenergéticos, ajuda a liberar o choro reprimido e a tristeza interiorizada. Traz força para superar os desejos não realizados, elimina a frustração e o sentimento do fracasso, ajuda a limpar traumas e insatisfações que tornam a pessoa amargar, reclamona e chata.

Camomila –

camomila

Foto: iStock-dyphoto

Elimina raiva, o ódio, as magoas; ajuda ter esperança e saber perdoar, elimina o medo e a falta de fé, gera otimismo e elimina o estresse emocional. Acalma e relaxa em casos de nervosismo e hiperatividade.

Capim-Cidreira – 

capim-cidreira-planta

Foto: iStock-Foxys_forest_manufacture

Elimina pesadelos, insônia e desordens do sono. Traz um sono vitalizador e energizante. Limpa estados obsessivos, gera harmonia e elimina a ansiedade em geral, o nervosismo e a irritação mental.

Erva-Doce – 

erva doce

Foto: iStock-sebastianosecondi

Promove o otimismo, a motivação, a vontade; aumenta a coragem: diminui a ansiedade; gera dinamismo; ajuda a saber organizar suas prioridades. Por diminuir a ansiedade, quando utilizando antes de dormir, induz a uma leve sonolência.

Gengibre –

gengibre

Foto: iStock-anyonos

Cria simpatia nos relacionamentos, alegria, amorosidade, doçura, intimidade e companheirismo. Elimina o mau humor nas relações e traz simplicidade para resolver problemas com o (a) parceiro (a)

Hortelã –

hortelã

Foto: iStock-La_vanda

Abre caminhos na vida. Ajuda a entender e trabalhar as dificuldades com o pai; elimina a hipocrisia e a falsidade, gera efeito analgésico, elimina fibromas, reduz o estresse. Ajuda a mudar o pensamento e a gerar vitalidade energética geral em casos de câncer.

Manjericão –

manjericão

Foto: iStock-OcsanaDen

Abre a consciência para enxergar o que está errado, estimula a busca da verdade a qualquer preço, abençoa as escolhas e decisões, irradia energia mental

Orégano –

orégano

Foto: iStock-jmbatt

Ajuda a conseguir estruturar a sua moradia, casa convívio, a se instalar e criar raízes; criar projetos dourados e concretos. Estimula e horar compromissos e acordos, cumprir promessas e construir uma história de vida.

Formas de uso e preparo das plantas

chás

Foto:Istock

  • Chás
  • Use preferencialmente bule de louça, vidro ou esmaltado para aquecer a água. Jamais aqueça em forno microondas, porque tem a capacidade de anular os efeitos da Fitoenergia.Nunca utilize folhas amareladas ou mofadas. Evite adoçar com açúcar refinado, o ideal é tomar sem adição de açúcar. Se assim não o puder, use do tipo mascavo ou mel de abelha. Tome chá logo após o preparo, pois em menos de duas horas ele perde suas propriedades energéticas.

    Os compostos via chá podem ser preparados das seguintes formas:

    Infusão: Aqueça a água até ferver, apague o fogo e coloque os vegetais, abafe 3 minutos, coe, potencialize e o chá estará pronto para ser consumido.

    Infusão solar: Coloque os vegetais em água e deixe exposto em ambiente aberto no horário das 6h às 9h da manhã. Trata-se de um poderosíssimo concentrado energético. Tomar ou usar como spray, compressa etc. Lembre-se que, de acordo com a Fitoenergética, não precisamos extrair o princípio ativo químico, por isso essa forma de uso é eficiente.

    Infusão a frio: Coloque a planta em água por três a cinco minutos e aplique as técnicas de potencialização. O líquido obtido pode ser utilizado para qualquer fim, é um poderosíssimo concentrado energético. Essa técnica é usada quando o gosto do vegetal não é apreciado, ou se o usuário não quer que tenha efeitos físicos, como por exemplo a do chá de sene que pode soltar o intestino. A infusão a frio nesse caso produz apenas o efeito fitoenergético.

    Como usar: Tomar no mínimo meia xicara a cada uso. Sempre é recomendado para qualquer tratamento que os vegetais dos compostos possam ser ingeridos sem restrições

  • Banho
  • Foto:Istock

    Faça um chá como quiser, por infusão, a frio ou normal. Durante seu banho, passe o liquido sobre o corpo, principalmente sobre os pontos que precisam de energia. Após usar o preparado, fique pelo menos um minuto sem se enxaguar. Após esse empo, pode continuar seu banho normal, sem que haja anulação dos efeitos.Esse tipo de aplicação produz efeitos muito rápidos e intensos, no entanto requerem um pouco mais de dedicação, contudo, é muito comum a pessoa fazer um tratamento via banhos diários (por um tempo determinado de acordo com o caso) e apresentar efeitos positivos realmente transformadores.

    Como usar: Usar o chá preparado e derramar sobre a cabeça, o tórax, as costas e o canal da coluna. Nesse caso recomenda-se no mínimo meio litro de chá e, após banhar-se aguardar no mínimo um minuto para depois se lavar com água.

     

  • Compressa
  • compressa

    Foto: iStock-VichienPetchmai

    É feita com o chá (escolha qualquer tipo de infusão). Umedeça um pano com esse chá e aplique no local que se deseja tratar. É mais indicado quando o tratamento é focado para dores físicas ou doenças pontuais com manifestações corporais.

    Como usar:Molhar a compressa no chá e aplicar na região. Mais recomendado para casos de dores ou doenças pontuais no corpo físico, age rapidamente.

    Por Thamirys Teixeira

    Comente