Evite a cólica menstrual

Evite a cólica menstrual

Não agüenta mais o desconforto da cólica quem vem no período menstrual? A dismenorreia, como é conhecida cientificamente, se manifesta por meio de uma dor na região pélvica que faz com que o útero se contraia para eliminar o endométrio em forma de sangramento.

Mas não é um desconforto incomum. Cerca de metade da população feminina sente ou já sentiu cólicas menstruais, por ser apenas uma reação fisiológica do organismo. A única diferença é a intensidade dessa manifestação, que pode alterar conforme alguns fatores.

Por exemplo: quanto maior o fluxo menstrual, mais dor. A presença de coágulos e o tamanho do orifício do colo do útero são importantes. É por essa razão que as cólicas são mais comuns entre as adolescentes, já que o útero ainda é pequeno e o orifício de saída mais fechado.

Existem tratamentos específicos, como o uso de medicamentos antiespasmódicos, indicados para quem sofre de uma dismenorreia primária, que é a mais comum e outros que só devem ser indicados pelo médico, casos em que a cólica pode ser provocada por uma alteração patológica, como a endometriose. Nesse caso não se visa apenas o alívio da dor, mas o combate à doença.

O uso das pílulas anticoncepcionais acaba tendo indiretamente efeito positivo contra a dismenorreia, já que o medicamento à base de hormônios gera atrofia no endométrio e diminui o fluxo da menstruação, minimizando consequentemente as dores da cólica.

As cólicas menstruais podem ser amenizadas com alguns hábitos. Uma dica eficiente é a famosa bolsa de água quente na região abdominal. Com o calor, os vasos sanguíneos sofrem dilatação, o que provoca a diminuição da dor.

Outra recomendação dos médicos é que a mulher aprenda a se conhecer melhor durante sua vida fértil. Somente assim é possível de identificar como a cólica e outros sintomas característicos da menstruação se manifestam no organismo.

Além disso, a prática regular de exercícios físicos é fundamental, porque eles colaboram para reduzir o fluxo menstrual e os processos inflamatórios.


Uma alimentação saudável e equilibrada também faz o organismo funcionar melhor e, consequentemente, é uma arma contra as cólicas. Tome bastante líquido e coma muitas fibras, mas durante o período menstrual evite ingerir cafeína, encontrados em chás, cafés e chocolates, por exemplo.

Por Jessica Moraes

Comente