Escolha certa do sapato evita lesões

sapatoslesões

Foto - Shutterstock

A saúde dos pés é imprescindível para a qualidade de vida. É tão importante que, quando mal cuidada, os problemas causados refletem no corpo inteiro, tornando os dias mais cansativos. O surgimento das dores muitas vezes está relacionado à escolha incorreta dos sapatos.

A demora em perceber e procurar por orientação de um especialista pode deixar sequelas, principalmente, nos membros inferiores e na coluna vertebral. Segundo o fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRColuna), existem tipos diferentes de pisadas que precisam ser levadas em consideração no momento da definição do sapato.

"É fundamental identificar se ela é pronada - a parte de fora do calcanhar toca o chão e o pé exerce uma rotação excessiva para dentro, supinada - quando o peso do corpo fica nos dedos do lado de fora, e neutra - possui um nível equilibrado de pronação e de supinação e cria uma absorção de choque eficiente na fase de apoio", explica.

Outro fator determinante é o arqueamento. "O ‘plano’ possui uma curvatura pequena e deixa uma faixa quase completa entre o peito do pé e o calcanhar. O ‘cavo’ gera uma marca com uma faixa estreita ligando o peito do pé e o calcanhar. Já o ‘neutro’ cria uma faixa normal ligando o peito do pé e o calcanhar, um pouco mais ampla do que o cavo, mas, com certa curvatura", destaca Martins.

A numeração dos sapatos, de acordo com o fisioterapeuta, é escolhida com base no conforto e não pode ficar folgada ou apertada. Fique atenta! uso contínuo do salto alto influencia na aparição de dores lombares. "Pode causar, ainda, o chamado ‘esporão de calcâneo’, porque o salto não oferece proteção contra o impacto no chão. Outra situação muito comum é a entorse, as famosas "viradas de pé’", destaca o Giuliano Martins.


Por Vila Mulher

Comente