E depois cirurgia bariátrica, qual tipo de plástica é mais indicada?

obesidade

Foto - Reprodução

Após a tão desejada e necessária cirurgia bariátrica, muitos pacientes ficam diante de um novo desafio: retirar o excesso de pele e o acúmulo de gordura em regiões localizadas, como interno de coxa, glúteos e abdômen. Muitas vezes eles não somem com exercícios físicos nem tratamentos e a única solução que resta é a cirurgia plástica.

A atriz Solange Couto (Dona Jura, de "O Clone"), de 58 anos, perdeu exatos 43 quilos após a redução de estômago (bariátrica). Com isso, ela optou em dar uma repaginada geral no visual. Ela colocou próteses de silicone nos seios, refez a parede do abdômen, e tirou aquelas sobras indesejadas das costas.

Assim como a atriz, que chegou a pesar 116 quilos, outros pacientes buscam cirurgias plásticas para ficar com o corpo dos sonhos. Abdominoplastia e/ou reconstrução de parede abdominal são as intervenções mais procuradas, segundo uma pesquisa feita com cirurgiões.

Mamoplastia também está na lista. O uso das próteses de silicone são muito comuns, não somente pelo fato das mamas perderem muito volume, mas também porque é muito comum as mamas ficarem flácidas.

Outra cirurgia bastante procurada é a correção de lipodistrofias, ou seja, a flacidez nos membros. Braços e coxas é uma constante reclamação, já que mesmo com a perda de peso, a flacidez impede o uso de diversos tipos de roupas por ser desagradável esteticamente. Essa cirurgia plástica melhora muito o contorno corporal, e as cicatrizes que deixam acabam não se tornando incômodas.

No ranking das cirurgias mais realizadas em todo mundo, a lipoaspiração não foge em casos pós-cirurgias bariátricas. O procedimento visa retirar acúmulos de gordura localizada e que sejam capazes de alterar o contorno corporal.

No entanto, médicos especialistas e cirurgiãos estética enfatizam que é de extrema importância o paciente entender que não é possível fazer tudo de uma vez, sugerindo assim, realizar procedimentos em intervalos.


Por Kelly Jamal

Comente