Dormir pouco pode trazer graves problemas para a saúde

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Dormir pouco traz graves problemas para a saúde

Foto - Shutterstock

Rola para um lado da cama, rola para o outro lado, e o bendito sono não vem. Quem nunca passou por isso, não é mesmo? Mas se você sofre de insônia ou constantemente dorme pouco por qualquer outro motivo, saiba que isso pode trazer consequências graves para o corpo e a mente.

Pesquisadores da Universidade de Surrey, na Inglaterra, concluíram que quantidades insuficientes de sono por um período prolongado de tempo podem causar doenças cardíacas, diabetes, obesidade e mau funcionamento do cérebro - incluindo perda de memória e concentração.

De acordo com o levantamento, dormir por 6 horas diariamente é o suficiente para se manter saudável.

Para a primeira parte do estudo foram analisadas amostras de sangue de 26 voluntários que tiveram uma noite de até 10 horas de sono durante uma semana. Já na segunda parte da pesquisa, os voluntários tiveram que dormir menos de 6 horas por dia durante o mesmo período de tempo.

Ao comparar as amostras das duas fases do estudo, os pesquisadores identificaram que mais de 700 genes se alteraram. Isso se deve ao fato de que cada gene se comporta de uma maneira durante o desenrolar do dia, e se o organismo fica ativo por mais ou menos tempo, isso afeta diretamente na atividade desses genes.

De acordo com o pesquisador da Universidade de Surrey, Colin Smith, áreas como o sistema imunológico e o modo como o organismo reage ao estresse foram diretamente afetadas por conta da privação de sono. "Claramente, dormir é essencial para a reconstrução do corpo e a manutenção de um estado funcional. Caso contrário vários tipos de danos parecem acontecer, o que pode resultar em doenças. Se não podemos reabastecer ou substituir células, isso leva à formação de doenças degenerativas", afirmou ele à BBC.

Para dormir melhor à noite vale algumas pequenas mudanças nos hábitos diários. Há certos tipos de alimentos que ajudam você a dormir melhor. Praticar exercícios físicos também é uma boa pedida.


Por Tissiane Vicentin

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: sono insônia