Distúrbios do sono

problemas do sono

A famosa insônia não é único problema de quem não consegue dormir bem. Existem vários tipos de distúrbios que contribuem para uma má experiência do sono, que podem gerar muitos danos à saúde de quem não dorme adequadamente.

Apnéia - a apnéia é uma interrupção da respiração de mais de dez segundos. O ronco e obstrução nasal é um indício de quem sofre de apnéia. Tem tratamento e é preciso diagnosticar se há alguma irregularidade no sono. A obesidade e a sonolência diurna são possíveis sinais da doença.

Bruxismo - é o hábito de ranger os dentes. Muitos rangem os dentes durante o sono. A pessoa descobre que tem o distúrbio após algumas complicações, como desgaste dos dentes e fortes dores de cabeça e na região mandibular. É preciso estar atento nos hábitos, como apertar os dentes durante o dia.

Síndrome das pernas inquietas - consiste no impulso de movimentos descontrolados das pernas ou desconforto nas panturrilhas. Ocorre mais em idosos e pode ter origem de relação familiar.

Insônia - a dificuldade em dormir pode estar associada a diversos fatores. Estresse, excesso alimentar, preocupações, depressão ou até outros problemas de saúde. Se ela é contínua, o ideal é procurar um especialista para saber a causa.

Terror noturno - consiste em ataques de terror agudo de um sono profundo, sem sonhos. Geralmente afeta crianças pequenas, onde a criança pode chorar, gritar se debater, sem se acalmar. A crise dura alguns minutos e, depois que passa, a criança volta a dormir, sem lembrar de nada no dia seguinte. Medidas preventivas que possam garantir um sono adequado às crianças, já podem resolver o problema.

Sonambulismo - se caracteriza pela capacidade de desenvolver habilidades motoras, como urinas, beber, caminhar, estando inconsciente, ou seja, em estado de sono. São episódios raros, e acontecem mais no final da infância, mas que pode se estender até a metade da vida. Alguns casos mais graves devem ser tratados com medicamentos.

leia também


Dica: observe o seu sono. Não só se você está tendo uma noite bem ou mal dormida, mas como você inicia o processo de dormir. Observe se range os dentes, se há queixas de que você ronca, se agita muito as pernas, etc... sinais que o seu corpo dá podem ser importantes para o diagnóstico de algum distúrbio.

Por Jessica Moraes

Comente