Cuide da sua orelha

Cuide da sua orelha

Foto: © Whitemann/Corbis

Sabia que a demasiada exposição das orelhas à radiação solar pode contribuir com o aparecimento de tumores na região ? Apesar de não serem muito lembrados, os tumores no ouvido existem, podendo ser observados tanto no ouvido interno quanto no ouvido externo.

A doença não é restrita a alguma porção específica da orelha, podendo ser observada em diferentes partes, e que, dependendo do estado, as células cancerosas se comportam de formas diferentes - e, devido a isso, os sintomas, e, consequentemente a forma de tratamento varia de caso para caso.

Segundo a Dra. Rita de Cássia Cassou Guimarães, otoneurologista e otorrinolaringologista, as células cancerosas são medicamente chamadas de carcinoma espino celular ou carcinoma basocelular. "A outra forma de câncer existente é o melanoma de orelha, porém, este é mais raro. Algumas vezes o carcinoma basocelular e melanoma maligno - tipos de câncer de pele, - aparecem na pele da orelha e, por isso, acabam sendo confundidos com câncer de orelha. Porém, especialistas em câncer, cirurgiões e médicos são capazes de detectar a diferença entre a doença de pele e o câncer de orelha" explica.

Segundo a especialista, o tratamento de ambos os tumores pode ser feito de forma cirúrgica, com remoção da lesão e cuidados intensivos da proteção da exposição ao sol. "Vale relembrar que nem todos os tumores representam câncer. Existem os tumores benignos no conduto auditivo externo (osteomas) de crescimento lento e que podem ocluir parcial ou totalmente o conduto, causando perda de audição e retenção do cerume. Nesse caso, o tratamento pode ser cirúrgico, e é preciso que o paciente entenda que não se trata de um câncer, e sim de um tumor benigno", exalta Rita.

Apesar de os sintomas variarem dependendo do tipo de câncer, existem alguns sinais comuns que costumam aparecer quando o paciente está no estágio inicial da doença. "Dores de ouvido, perda auditiva, secreção na orelha, - que, por vezes, vem acompanhada de sangue, - aparecimento de tumor ou progressiva úlcera, inchaço ou caroço na região do pescoço, tonturas, e, em casos caros, paralisia facial, são alguns dos principais sintomas que podem indicar o início da doença" pontua a médica.

A médica ressalta que é importante proteger-se do sol mesmo antes do aparecimento de qualquer sintoma. "Muitas pessoas decidem ‘pegar uma corzinha’ e esquecem de passar protetor solar nas orelhas, o que pode causar muita dor de cabeça depois, afinal, essa região também sofre com a incidência dos raios solares", diz Rita.

São utilizados três formas principais de remédios e tratamentos para o câncer. São eles a cirurgia, recurso utilizado quando o câncer está em estágio inicial, a radiação, feita quando as células cancerosas começaram a espalhar, e a quimioterapia, um tratamento em que as drogas são usadas para matar as células cancerosas que começaram a alastrar. "Porém, independente do tratamento, as chances de cura hoje em dia são muito elevadas - e quanto antes iniciado o processo, mais cedo ele será concluído", finaliza.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: orelha notícias ouvido tumor ouvido