Cuidados com a época de chuva e enchentes

Cuidados com a época de chuva e enchentes

No mês de janeiro e, provavelmente, até março, onde as águas fecham o verão, vemos e lidamos com fortes chuvas. Bastariam os temporais se eles não terminassem quase sempre em enchentes. E o que quase todo mundo sabe, mas não se dá conta, é que elas trazem além da destruição muitos danos à saúde.

Quem entra em contato com a água suja das enchentes pode estar vulnerável a doenças como a leptospirose e a hepatite A. Porém, quem acha que só por não ter tido contato com a água está livre de riscos, precisa saber que o mosquito da dengue se prolifera nessas situações e qualquer um pode contrair o vírus.

Segundo a Doutora Camila Delfino, infectologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo, a demora para procurar um tratamento pode acarretar em hemorragias e problemas nos rins, no caso da leptospirose, e problema nos pulmões, no caso da dengue. Então, para evitar maiores complicações, o mais recomendável é que depois do contato com a água suja ou ao sentir dores no corpo ou musculares, além de febre e diarréia, é buscar um atendimento médico. Automedicação, principalmente no caso de dengue, é contra-indicada.


Além de tudo isso, Camila recomenda: "Se o local for invadido pela água é essencial fazer a limpeza dos ambientes, lavar bem as mãos antes de manipular alimentos e ter cuidado ao consumi-los. Outra recomendação é evitar o acúmulo de água em recipientes e ambientes, por causa da proliferação do mosquito da dengue". Outra informação indispensável: Hepatite A é prevenida por vacina.

Por Bárbara Ariola (MBPress)

Comente