Como reduzir o inchaço na TPM

Como reduzir o inchaço na TPM

Sofre com o inchaço durante a TPM? Existem formas simples de prevenir e/ou reduzir o problema durante o período menstrual.

As causas do inchaço geralmente são provocadas pela retenção de líquidos, em que ocorre dependendo de fatores hormonais e individuais que variam de pessoa para pessoa e que também podem mudar de um mês para outro.

Os sintomas de inchaço na TPM são decorrentes da variação hormonal que as mulheres sofrem durante o ciclo menstrual. As taxas de alguns hormônios ficam desequilibradas, principalmente da testosterona, do estrógeno e da progesterona. E é por isso que algumas pessoas ficam inchadas, engordam alguns quilinhos e ficam com a barriga mais saliente.

O anticoncepcional pode servir para regular essa "desordem hormonal", entretanto, não são todas as mulheres que podem tomar. Por isso, o ideal é que todas consultem um ginecologista antes de se medicarem. Caso o anticoncepcional esteja vetado como alternativa para reduzir os sintomas de desconforto da TPM como o inchaço, existem outras maneiras de encontrar alívio e evitar o problema nesse período.

Líquidos - Beba muita água. Além disso, procure tomar chás diuréticos, como o verde, o branco e o vermelho. Os rins funcionam melhor, o que é um incentivo para eliminar o excesso de líquidos. "Também vale comer frutas ricas em água, como melancia, melão e pêra. Evite café, chá, refrigerante e chocolate. Eles causam irritabilidade (têm xantina e metilxantina), o que faz o inchaço incomodar mais.

E quanto à alimentação, diminua a quantidade de sal da comida no período pré-menstrual, ou seja, quando você começa a ter os sintomas da TPM. Coma alimentos diuréticos, como alface, agrião, morango ou chuchu.

Exercícios físicos - Eles aumentam a circulação linfática, que elimina o excesso de líquidos do organismo. A atividade física, principalmente exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida leve, bicicleta, natação, dança, lutas e outros, são capazes de liberar certos hormônios responsáveis pelo bem-estar e podem inclusive ajudar a mulher a controlar a compulsão pela comida.

Mas é a frequência dos exercícios que vai dar resultado no período pré-menstrual. Três vezes por semana já está ótimo. Procure fazer a atividade durante uma hora.

Drenagem - Trata-se de uma massagem relaxante, que não dói e tem a capacidade de diminuir o inchaço. Junto com os vasos sanguíneos, correm os linfáticos, que carregam o excesso de líquidos e toxinas para o rim, de onde eles são eliminados pela urina. A massagem dura de uma hora a uma hora e quinze minutos. O preço pode variar de 40 a 120 reais.


Está sem grana? Então, em vez da drenagem, compre um creme ou gel anticelulite e massageie com movimentos circulares as coxas, bumbum, culote e barriga depois do banho diariamente por pelo menos cinco minutos.

Para algumas pessoas, beber mais água, corrigir a alimentação e fazer exercícios não é suficiente. Nesse caso, procure um médico. Quando o inchaço interfere no dia a dia, o médico pode receitar um diurético para o período pré-menstrual.

Por Jessica Moraes

Comente