Cistite no verão

Cistite no verão

A cistite (doença inflamatória ou infecciosa da bexiga) pode se manifestar durante todo o ano, porém no verão é freqüente o contato da zona vaginal com tecidos úmidos, como o biquíni, ou com o cloro das piscinas, o que favorece o aparecimento dessa infecção nessa época do ano.

Entre os principais sintomas da cistite podemos citar a dor para urinar, ardência, urina amarela escura e turva ou até com sangue. Entrar no mar ou na piscina ou passar um dia inteirinho de biquíni molhado estão entre as principais causas. A umidade e o calor excessivos, junto com a falta de higiene, acabam formando um cenário perfeito para a cistite.

Para ficar livre da cistite, o ideal é trocar a roupa de praia em vez de ficar com peças molhadas, regular o intestino, não sentar diretamente sobre a areia e, após urinar, limpar o locar com papel higiênico neutro, no sentido de frente para trás, ou seja, da barriga para o bumbum.

Muitas vezes o acesso às praias é longínquo e a infraestrutura nem sempre é favorável, fazendo com que a mulher evite ir ao banheiro, mantendo-se com a bexiga cheia por mais de quatro horas, período no qual pode haver aumento da população bacteriana dentro da bexiga.

Em alguns casos, as viagens podem exigir uma adaptação à alimentação do lugar e o consumo de alimentos condimentados pode simular os sintomas da cistite bacteriana. Ou mesmo podem produzir diarréias, o que aumenta a necessidade de cuidados com a higiene.

Durante o período de férias no verão, as pessoas sentem-se mais relaxadas e tendem a manter um número maior de relações sexuais. Este incremento no número de relações pode estar associado ao surgimento do quadro em algumas mulheres. A micção após a relação pode ser suficiente para prevenção.


O tratamento é feito com o uso de antibióticos. Com água, você pode até evitar a doença, mas, para acabar com a bactéria, é preciso tomar remédio, sempre com a prescrição de um médico.

Por Dra. Maria Cecilia Hessel Lopes, ginecologista/obstetra. Título de especialista ( TEGO) 0674/2004. Especialização em Endócrino-Ginecologia pela USP. Pós graduação em Sexualidade Humana pela USP, MBA Executivo da Indústria Farmacêutica pela FGV/ SP, Especialização em Pesquisa Clínica pela INVITARE- SP.

Comente

Assuntos relacionados: equilíbrio cistite cistite verão