Cientistas formulam pílula que queima calorias

Moléculas da pílula são capazes de esvaziar as células de gordura
pílula-calorias

Foto - Shutterstock

Preguiçosos de plantão vão adorar essa notícia. Cientistas do Instituto de Células-Tronco de Harvard estão desenvolvendo uma pílula que tem efeito semelhante aos exercícios físicos. Essa pílula seria feita com duas moléculas recém-descobertas, que são capazes de reduzir o excesso de gordura presente nas células e ainda aumentar o gasto calórico. Já pensou se aprovam?

Para quem não sabe, existem dois tipos de gordura no nosso corpo. A branca, considerada “ruim”, é produzida quando o indivíduo não elimina toda a energia consumida, estocando-a. Já a gordura marrom, considerada “boa”, é usada para manter a temperatura do corpo, além de ajudar a eliminar o excesso de gordura ruim. O composto dessas moléculas reveladas no estudo ainda seria capaz de transformar a gordura branca em marrom.

No entanto, a ideia não é que a pílula substitua suas sessões de malhação. Ela pode reduzir a gordura, mas não aumenta a massa magra e nem exercita a parte cardiovascular, mérito exclusivo dos exercícios. Os estudos ainda estão em fase inicial e estão estudando os efeitos da pílula em longo prazo. Sabe-se que essas moléculas podem causar reações inflamatórias, comprometendo o sistema imunológico. Só nos resta esperar!


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: perder calorias calorias