Chá verde em excesso pode causar hepatite

O consumo em excesso do chá pode causar a inflamação severa do fígado
cha verde hepatite

Saiba o que os especialistas dizem sobre o uso em excesso do chá verde .Foto:iStock/kalarati

Se você é antenada nas dietas da moda, com certeza já ouviu falar dos benefícios do chá verde. A planta promete secar vários quilinhos extra em um curto período de tempo, o que é ideal para quem está em busca do peso ideal. Porém, o que muita gente acaba deixando passar batido é que o uso excessivo deste famoso aliado da dieta pode causar hepatite e outros sérios danos à saúde.


Prova disso foi o caso da jovem de 16 anos que teve uma hepatite grave após beber chá verde para emagrecer, segundo informações publicadas no jornal Daily Mail. A garota, que não teve o seu nome revelado, costumava tomar xícaras por dia de chá verde, com a intenção de perder peso. O resultado desse tempo exposto ao excesso de catequina, substância do chá que faz mal ao fígado, foi uma inflamação severa no órgão, que causou uma hepatite.

Ela começou a sentir fraqueza, náusea e dores no estômago e nas articulações. No início, os médicos pensavam que eram sintomas de uma infecção no trato urinário e prescreveram antibióticos. Depois de duas doses dos remédios, os sintomas persistiram e ficaram mais fortes. Ela, então, foi internada em um hospital no interior da Inglaterra. 

No momento da hospitalização, a garota, que não teve o seu nome revelado, já estava com icterícia, que deixou sua pele e olhos amarelados. A sua condição de saúde era crítica e os médicos, então, descobriram que ela estava com hepatite. A doença pode ser causada por vírus ou por substâncias externas, como o álcool e remédios. Na investigação médica, a moradora do Reino Unido negou ser consumidora de álcool ou de outros medicamentos que poderiam causar danos ao fígado, como o paracetamol ou drogas ilegais. Além disso, ela não havia viajado para locais onde poderia ter contraído vírus que causariam a hepatite, tampouco havia passado por transfusões de sangue.

Ela informou aos médicos, então, que comprava chá verde pela Internet, movida pela promessa de que ele poderia levar à perda de peso. A jovem havia comprado duas caixas de chá e estava tomando três xícaras por dia há alguns meses. Os médicos pediram, então, que ela parasse de tomar imediatamente e fizeram o tratamento para restabelecer a sua saúde.

Os especialistas, então, descobriram que um ingrediente contido no chá estava causando todo o problema, dá para acreditar?

Segundo o hepatologista membro da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Raymundo Paraná para o jornal "O Sul", o chá verde, em excesso, é tóxico e pode causar hepatite grave. O especialista explica que a lesão no fígado costuma acontecer quando ingerido em grande quantidade por dois a três meses. “Precisa de um tempo para acumular e depende do uso por mais de 30 dias”, informa.

Já de acordo com a nutricionista Paula Castilho, consultora da Nação Verde para o Vila Mulher, um adulto deve consumir não mais do que 2 xícaras ou 300 ml da bebida por dia. Em altas quantidades, o chá pode levar à taquicardia, insônia e até alergia. Como reduz a absorção de ferro, cálcio e cobre, não se recomenda consumi-lo durante as refeições.

Por Thamirys Teixeira

Comente