Câncer de pele - prevenção e cuidados

protecao cancer pele

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de 4 mil brasileiros morrem todos os anos vitimados pelo câncer de pele.

Segundo o dermatologista Marcus Maia, coordenador do Programa Nacional de Controle do Câncer da pele, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a proteção absoluta é a melhor prevenção contra esse tipo de doença. “Exposição excessiva à radiação ultravioleta, falta ou mau uso de proteção solar, desrespeito ao horário de pico do sol e não se proteger através de roupas e sombras adequadas são os principais fatores que levam ao câncer da pele”, explica o dermatologista.

As pessoas que têm a pele, o cabelo e os olhos claros, sardas e antecedentes familiares têm maior tendência a contrair a enfermidade, sendo consideradas um grupo de risco. Por isso, devem ter cuidado redobrado e ficarem atentas a qualquer modificação apresentada em sua pele.

Uma pinta que começa a ficar assimétrica, com borda irregular, cor diferente e com diâmetro maior que 0,6 cm (ABCD) são os sintomas do melanoma, um dos tipos da doença. Percebendo essas alterações, deve-se consultar o dermatologista imediatamente.

O carcinoma basocelular, tipo mais comum, é caracterizado pelo aparecimento de feridas, resultantes de exposições crônicas ao sol. Geralmente aparecem em pessoas idosas.

Felizmente, esse tipo de doença tem cura; radioterapia,cauterização e cirurgia podem ser feitas para resolver o problema “A cirurgia é a mais eficaz de todas, pois garante total retirada das células cancerígenas”, indica o médico. No entanto, lembre-se prevenção é a palavra-chave!

Fonte - MBPress

Comente