Cães poderão ser uma nova arma contra o câncer

cachorros câncer

foto: divulgação/Medical Detection Dogs

Um estudo apresentado este ano em um congresso da Associação Americana de Urologia aponta que cães treinados conseguiram detectar câncer de próstata com 98% de precisão em amostras de urina.

A médica Claire Guest, uma das envolvidas na pesquisa, já estuda sobre o tema desde 2002, em uma organização - a Medical Detection Dogs - que treina cachorros para detectar diversos tipos de doença além do câncer. Já nessa época falava-se do potencial dos cachorros, mas depois de algumas evidências científicas, o assunto já está mais na mira dos cientistas do que antes.

Na Medical Detection Dogs eles apresentam aos cachorros várias amostras de urina de pacientes com câncer para gravar o cheiro. Depois, as amostras começam a se misturar com amostras "saudáveis" e, cada vez que o animal identifica a correta e demonstra para o treinador, ganha um agrado.

As pesquisas têm obtido resultados com muita precisão (mais do que os próprios exames de sangue entregues para esse tipo de câncer) e além disso o método não é invasivo. Isso significa que é muito menos desagradável para os homens entregarem uma amostra de urina do que passar pelo exame de próstata.

Por enquanto eles avaliam amostras de câncer de próstata e, em breve, devem começar a trabalhar com amostras para câncer de mama. Apesar de tudo, esse campo de estudo é muito novo e deve levar um bom período para que o método seja adotado oficialmente.

Claire diz que um dos grandes objetivos desse tipo de pesquisa é motivar novas tecnologias que imitem a natureza. Por exemplo: se ficar comprovado que o faro canino pode detectar câncer em amostras de urina ou hálito, cientistas podem investigar quais moléculas da pessoa com câncer são responsáveis por deixar esses cheiros específicos e como eles são detectados pelo olfato canino.

Depois de descoberto o mecanismo, poderá ser possível criar um nariz eletrônico que processe milhares de amostras sem esbarrar em problemas como cansaço ou investimento em treinamento. Incrível, não?


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: pesquisa câncer estudo cachorros