Blogueiras dão dicas de como começar uma vida mais saudável

Dicas para você começar a investir em uma vida saudável - e não parar mais!
alimentação-saudável

Foto - Shutterstock

A busca pelo corpo sarado e escultural do verão só cresceu nos últimos tempos, fortalecida pela constante (e extenuante) valorização dos padrões de beleza impostos pela mídia em geral - e por vezes distantes de nós, meras mortais. Na corrida contra a balança, é comum esquecermos do que realmente importa: a saúde.

E é exatamente esse o foco de algumas blogueiras que, ao contarem suas histórias e lutas, também inspiram mulheres (e homens também, claro!) a adotar uma alimentação e um estilo de vida mais saudável.

A advogada Manu Alves, do blog Cozinho, Logo Existo, começou assim: "cheguei num ponto em que, ou eu parava, ou ia ter uma síncope: estava estressada, com a alimentação péssima, sem caber nas roupas, cansada e chorando por qualquer motivo, além de ter batido na casa dos 70 quilos, o que pra mim - que tenho 1,62m - era um pouquinho demais", conta. No blog, ela mostra um pouco das suas peripécias na cozinha (inclusive delícias sem glúten ou lactose).

A história Vanessa Musskopf, do Santa Dieta, não foi muito diferente. Com 28 anos, ela se viu "pré-diabética, com colesterol altíssimo e com hipotireoidismo. Além de 15kg a mais na balança!", conta. "Vi que meus hábitos alimentares e o sedentarismo estavam destruindo minha saúde e minha autoestima." Alguns meses depois que decidiu mudar de vez, a jornalista voltou a caber em suas calças 40/42 e aprendeu a amar o próprio corpo. Tudo com muito esforço (devidamente documentado no blog) e sem milagres, como bem mostra o lema da página.

Yamily Benigni, do Emagrecendo Certo, também passou por alguns apuros antes de decidir que deveria mudar completamente seu estilo de vida. "Me vi pesando 97 quilos e com vários problemas de saúde. Vendo fotos de uma festa percebi o quanto eu deveria mudar", diz. Desde então foram 28 quilos a menos e muita saúde a mais. A jornada deu tão certo que Yamily chegou até a estudar nutrição holística e gerenciamento do peso para poder ajudar outras pessoas a fazer o mesmo.

Já a história de Erika Elenbaas vem de longa data. Ela passou boa parte da adolescência e da vida adulta fazendo dietas que nunca funcionavam - exceto por uma vez, quando ela conseguiu perder 20 quilos e, depois de uma situação de estresse, engordou tudo de novo. Foi quando deu um basta. “Eu havia seguido um cardápio que não me ensinava a identificar fome e saciedade e que não me estimulava a comer para satisfazer as minhas necessidades físicas e emocionais. Quando a vida ficou difícil, eu voltei a me alimentar emocionalmente e percebi que nenhuma dieta havia me ensinado a comer, tampouco a diferenciar o alimento do sentimento. Dieta, definitivamente, não era a resposta”, afirma a idealizadora do blog Brigadeiro de Alface, onde compartilha suas batalhas com o prato e também posts com assuntos para fazer refletir. Erika chegou até a criar o movimento “#100diasdeamorproprio”, para mostrar que o que importa não é o número na balança e sim os momentos felizes (e também os tristes, porque não?) que você vive - e que nada tem a ver com peso.

Você é o que você...quiser ser!

A infelicidade por não estar se sentindo bem com o próprio corpo foi um dos motivos, mas não o principal, para a mudança no hábito dessas blogueiras. O fator-chave foram os problemas de saúde que acompanhavam o quadro - e para solucionar esse situação só havia uma saída: combinar uma boa alimentação com exercícios físicos.

Quer entrar para essa trupe? A primeira coisa que você tem que ter é força de vontade. Você só vai conseguir dar o primeiro passo se realmente quiser se mexer. Comece e continue no seu ritmo - só porque uma coisa deu certo para a sua amiga, não quer dizer que irá funcionar para você. “Não tente fazer loucuras para entrar numa calça 36. Valorize seu tipo físico e busque ser a sua melhor versão. Somos todas diferentes e isso é maravilhoso!”, afirma Vanessa.

Já a regra para o sucesso é bem simples: determinação e foco. “No início não é fácil, mas tudo valerá a pena, pois aos poucos você verá os resultados que tanto deseja. O importante é tomar uma decisão e estar determinada a mudar”, diz Yamily.

E, de preferência, passe longe das dietas da moda. "Não precisamos abrir mão do prazer e das emoções envolvidas na alimentação para nos mantermos saudáveis, só precisamos confiar que o nosso corpo é capaz de regular o quanto precisamos comer. O emagrecimento pela dieta pode ser o caminho mais curto, mas emagrecer respeitando as nossas vontades e necessidades é um caminho que vale muito mais a pena, pois não tem volta", afirma Erika.

Isso não quer dizer que vai ser fácil, mas as conquistas compensam o esforço. "Hoje aos 31 anos, vejo que fiz a escolha certa! Estou melhor de saúde do que estava quando mais nova, mais disposta e de bem com meu corpo. Não tenho barriga tanquinho, mas ter saúde e bem-estar para enfrentar o dia a dia é o que importa e deve sempre ser nosso objetivo final”, conta Vanessa.

E se você pensar em desistir, lembre-se que as mudanças não ocorrem do dia para a noite e é preciso persistência. “Não desista daqueles 5 minutos extras de corrida, nem daquele treino sob chuva, nem chute o balde diante da caixa de bis. Sabe por quê? A única coisa que conseguimos controlar é nossa atitude, e exercitar nossa força de vontade nos torna mais fortes, física e mentalmente”, finaliza Manu.

Comece por aqui

Não sabe por onde começar a sua jornada? Experimente trocar aquelas tranqueiras que você consome todos os dias por lanchinhos saudáveis - e não precisa ser nada sofisticado ou trabalhoso não! Confira algumas receitas cedidas por essas meninas e bora botar a mão na massa.

- Bolo de banana (sem glúten e sem lactose) da Manu

Ingredientes:

1 xícara de farinha de arroz

1/2 xícara de quinoa em flocos (pode usar aveia ou amaranto)

2 bananas nanicas

2 ovos

1/3 xícara de óleo de canola

1/2 xícara de leite vegetal (pode usar côco, amêndoas, arroz... ou ÁGUA)

1/2 xícara de açúcar demerara (ou adoçante culinário Forno e Fogão)

1 colher de chá de extrato de baunilha (opcional)

1 colher de sopa de fermento

Modo de preparo: em uma tigela, reserve a farinha de arroz e os flocos de quinoa. Em um liquidificador ou mixer jogue as bananas, os ovos, o óleo, o leite, o açúcar e o extrato de baunilha e bata até ficar tudo bem incorporado e sem pedaço de bananas. Junte esse líquido aos ingredientes secos, misture e some o fermento, misturando levemente apenas para incorporar tudo. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 30 minutos, ou até o bolo crescer, ficar cozido e douradinho em cima.

Dica da Manu: se preferir, faça a receita em forminhas de muffin para controlar melhor as porções.

- Sanduíche natural de ricota da Yamily

Ingredientes:

Pão de sua preferência (opte pelos integrais ou com sementes).

Um item verde de sua preferência (alface, espinafre, rucola, manjericão, etc.)

1 cenoura

Pimentão colorido

Meia cebola Pickles (4 mini pepinos)

1 filé de atum desfiado (pode ser em lata se você preferir)

2 colheres de ricota

1 colher de chá de mostarda

Cebolinha, coentro, sal e pimenta a gosto

Modo de preparo: corte todos os ingredientes em cubos pequenos. Misture tudo em uma tigela junto com o atum, ricota e a mostarda. Tempere com a cebolinha, o coentro, o sal e a pimenta. Monte o sanduíche, embrulhe para levar ou sirva em seguida.


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: exercícios físicos dieta balanceada