Axilas: saiba como cuidar

Axilas saiba como cuidar

Foto: iStockphoto

Por ser uma área muito sensível da pele, os cuidados com as axilas devem ser redobrados, já que a consequência de uma depilação incorreta ou qualquer outra agressão podem causar manchas, pelos encravados, mau cheiro, ressecamento, alergias, irritações e até assaduras.

O problema se agrava ainda mais quanto o clima esquenta e, mesmo com a pele mais irritada, você insiste em depilar. Por isso a hidratação é fundamental para evitar que o problema fique ainda pior. Confira o que fazer em relação à alguns problemas:

  • Ressecamento
  • Procurar desodorantes que já ofereçam hidratação; fórmulas à base de minerais do Mar Morto têm se destacado pelo poder hidratante que oferecem.
  • Mau cheiro
  • Evite o uso de roupas sintéticas, elas retêm a transpiração e colaboram para o aumento de bactérias que causam o mau cheiro. Além de manter a axila bem limpa e usar desodorantes que não agridem a pele, pomadas com antibiótico ajudam quem sofre com inflamações frequentes.
  • Pelos encravados
  • Para evitar os pelos encravados, a depilação a laser é unânime entre os especialistas. Como o método ainda não é acessível para todos, a maioria indica a esfoliação como solução para o problema, mas só pode ser feita se não houver processo inflamatório local, do contrário outros micro-organismos podem surgir, a exemplo de bactérias e fungos.
  • Alergias
  • Também conhecida como dermatite de contato, a alergia é resultado da reação da pele às substâncias químicas presentes em alguns cosméticos. Se o problema não for grave, desaparece apenas com o uso regular de produtos especiais para peles sensíveis e cuidados com a depilação, descartando a cera ou a lâmina logo após o uso.
  • Manchas
  • Se as manchas já incomodam e você quer clarear as axilas, é preciso consultar um dermatologista e pedir a recomendação de cremes clareadores sem ácidos agressivos, ou seja, sem estímulo à renovação celular. E logo após a depilação, só lave com água e sabonete antisséptico, prevenindo a proliferação de bactérias e fungos nas dobras do corpo (regiões quentes e úmidas).
  • Irritação
  • É natural que a pele fique irritada e avermelhada após a depilação. Compressas geladas no local, por cerca de cinco minutos, ajudam a reverter o quadro. Produtos para pele sensível, como hidratantes, desodorantes e sabonetes, também são bem-vindos.
  • Assaduras
  • As pomadas de assadura com óxido de zinco são ideais para o dano. Cremes antialérgicos à base de corticóides são indicados nos casos mais graves, mas também é necessário dispensar roupas sintéticas e não usar duas vezes a mesma blusa, evitando a proliferação de bactérias e fungos na região das axilas.

    Aprenda a cuidar das axilas e manter a pele da região sempre linda! A blogueira Juliana Goes, a convite da Dove e do portal VilaMulher, bateu um papo com a dermatologista Irina Afonso para tirar todas as suas dúvidas. Confira!

    Por Jessica Moraes

    Comente