Aumenta caso de jovens hipertensos

Aumenta caso de jovens hipertensos

Foto: © MSW/cultura/Corbis

Você sabia que três a cada 10 pessoas ao redor do mundo são hipertensas? As crianças já respondem por 3%. Já os adolescentes são 15% da fatia. Um dado alarmante para uma geração de alimentação pouco saudável e cada vez menos envolvida com a atividade física e qualidade de vida.

Dr. Carlos Alberto Rost, nefrologista da Fundação Pró-Rim, alerta a população para uma vida com mais cuidados e atenção, "para que tenhamos uma velhice sadia e limitada com o que a idade nos impõe, não a falta de saúde".

O especialista recomenda a aferição de pressão ao menos uma vez a cada 6 meses, alimentação saudável, evitar o excesso de sal, gorduras e alimentos industrializados. "Um dieta baseada no consumo de frutas, verduras, não ser fumante, diminuir ou evitar o consumo de álcool, além da prática de exercícios físicos com frequência pelo menos 3 vezes por semana, no mínimo 30 minutos, manter o peso adequado, evitar estresse e sempre seguir as orientações médicas indicadas para prevenir a hipertensão e tantos outros problemas, assim como a insuficiência renal", completa Rost.

O médico ainda alerta que pessoas que tem algum fator de risco como os citados anteriormente, uma avaliação médica e alguns exames podem diagnosticar a doença no seu estágio inicial, onde o tratamento é mais simples e muitas vezes evita as demais complicações.

"Para avaliar a saúde dos rins é necessário fazer o exame de Creatinina, que custa pouco e pode ser feito em qualquer laboratório. Basta colher um pouco de sangue", finaliza.


Por Vila Mulher

Comente