Atividade física melhora o sono - Entenda o motivo

Aquela boa soneca é essencial para o rendimento no dia a dia. Saiba como o esporte pode te ajudar a melhorar o sono
sono fitness malhação

Istock/© gpointstudio

Quer ter um sono melhor e ainda por cima sentir-se totalmente disposta no dia seguinte? Se jogue na malhação! Pesquisas mostram que grande parte da população brasileira sofre com insônia ou distúrbios do sono. E quase ninguém sabe, mas o exercício físico é um dos melhores aliados para quem precisa melhorar suas noites de descanso.


A atividade física rende benefícios para diversos sistemas do nosso corpo como musculoesquelético, cardiopulmonar, circulatório, endocrinológico, além do ciclo do sono. 

Quer saber mais sobre a relação entre o sono e a atividade física? Veja algumas das hipóteses de acordo com o médico Dr. Artur da Fonseca:

Temperatura e sono

A primeira hipótese, conhecida como termorregulatória, afirma que o aumento da temperatura corporal, como consequência do exercício físico, facilitaria o disparo do início do sono, graças à ativação dos mecanismos de dissipação do calor e de indução do sono, processos estes controlados por uma glândula chamada hipotálamo. 

Gasto de energia = mais sono

A segunda hipótese, conhecida como conservação de energia, descreve que o aumento do gasto energético promovido pelo exercício durante a vigília aumentaria a necessidade de sono a fim de alcançar um balanço energético positivo, restabelecendo uma condição adequada para um novo ciclo de vigília.

Menos reserva energética

A terceira hipótese, restauradora ou compensatória, da mesma forma que a anterior, relata que a alta atividade catabólica durante a vigília reduz as reservas energéticas, aumentando a necessidade de sono, favorecendo a atividade de produção do organismo. 

A atividade física tem ligação direta com o sono profundo, por isso, manter uma rotina de exercícios é uma ótima saída para quem sofre com esse tipo de problema. “A alteração positiva nesse estágio de sono ocorre em função do aumento do gasto energético provocado pelo exercício durante a vigília alerta, o que propicia um sono mais profundo e restaurador fisicamente”, finaliza o Dr. Artur da Fonseca.

Por Thamirys Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: distúrbios do sono malhação fitness