Asma e bronquite - Você sabe a diferença?

A asma e a bronquite são corriqueiras na vida de muitas. Embora sejam parecidas, não são iguais. Ambas "tomam conta" do aparelho respiratório dos filhos, mas possuem características muito distintas.

A bronquite é uma inflamação dos brônquios, que em sua maioria das vezes, é causada por uma infecção provocada por um vírus comum do período de inverno ou por substâncias irritantes das vias aéreas superiores (nariz, laringe, traqueia, brônquios). O nariz fica "pingando", a garganta pode ficar irritada, surge o cansaço, arrepios, dores nas costas e musculares, tosse e um chiado no peito (tipo miado de gato).

Já a asma é considerada mais preocupante, pois as vias aéreas se "apertam", ou seja, fica mais difícil de "passar o ar" para dentro dos pulmões. Pode chegar até a uma obstrução, ou seja, uma interrupção do fluxo de ar para os pulmões. Trata-se de uma doença crônica que não pode ser prevenida, nem curada.

No entanto, as crises podem ser evitadas, quando se identificam e se evitam os fatores desencadeantes, como agentes alergênicos (ácaros, penas, pelos de animais) ou irritantes (cigarro, fumaça). O asmático apresenta tosse seca, sem secreção, falta de ar e uma respiração sibilante (com "barulho").

Podemos dizer que a asma é uma doença que possui um componente hereditário e alérgico, gera medo nos pais e quando as crianças são maiores geralmente são acometidas desse medo também, pois a sensação de ter falta de ar é muito angustiante. Logo, o tratamento preventivo é a melhor opção.

Prevenção da asma:

- Isolar ao máximo o portador de asma dos ácaros, pelos de cães e gatos, bolores e dos fungos (mofo);

- Encapar travesseiros e colchões, pois estes alérgenos citados no item acima se acumulam no travesseiro, na cama (uma cama pode conter cerca de dois milhões de ácaros), no cobertor, na cortina, no carpete, em bichinhos de pelúcia e em qualquer lugar que acumule poeira;

- É proibido cortinas, bichinhos de pelúcia, mantas (use edredom), bichos de estimação e tudo que acumule pó, mofo, bolor ou solte pelos e penas;

- Evite usar aquecedores no inverno e ar condicionado no verão;

- Evite ficar perto de lareiras;

- É proibido entrar em contato com fumaça de cigarro;

- Evite odores fortes (perfumes, produtos de limpeza, frituras, tinturas de cabelo das mamães);

- Evite comportamentos ansiosos que agravem as crises (notícia de uma viagem ou passeio pode gerar uma ansiedade boa ou notícias desagradáveis para a criança, como uma consulta médica, tomar uma vacina, etc);

- Mantenha o ambiente sempre ventilado.

O tratamento da bronquite é mais tranquilo por ser mais rápido e de curto prazo. Já o da asma geralmente é a longo prazo e preventivo. Existe, hoje, uma gama imensa de medicamentos a serem utilizados e que somente com avaliação de um médico especialista e prescrição e acompanhamento do mesmo a eficácia estará garantida!

Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: saúde asma bronquite ansiedade