Arroz e feijão: sabor e saúde à mesa

Você já deve ter ouvido falar que a dieta mediterrânea é saudável e recomendada. Alto consumo de frutas, hortaliças, cereais, leguminosas, oleaginosas (amêndoas, azeitonas, nozes), peixes, leite e derivados, vinho e azeite de oliva são alimentos de uma dieta irrepreensível não é? Pois saiba que o nosso brasileiríssimo,

Típico prato brasileiro com arroz feijão e salada

arroz, feijão, bife e saladatambém faz bonito nas pesquisas sobre nutrição.

De acordo a nutricionista Claudimar Oliveira, da Universidade de São Paulo, apesar da dieta mediterrânea garantir a baixa incidência de doenças cardiovasculares, em testes realizados em cobaias, o cardápio básico do brasileiro, o famoso arroz, feijão, bife e salada, se mostrou muito eficiente para a saúde.

Para a nutricionista, o erro ocorre na quantidade e não na qualidade da nossa alimentação. Enquanto a Organização Mundial da Saúde recomenda uma ingestão diária mínima de 400 gramas de frutas e verduras, nós não consumimos nem metade.

O agravante ainda esbarra nas adaptações alimentares da vida moderna. O brasileiro abdica cada vez mais de uma refeição feita em casa, trocando um equilibrado prato por fast-food, além de bolacha e refrigerante, que são ricos em gorduras e açúcar oferecendo risco para a saúde.

Portanto, se a qualidade do nosso cardápio está comprovada pela ciência, para que mudar? Aposte no arroz, que possui várias vitaminas do complexo B, carboidratos, cálcio, folato e ferro, no feijão, rico em proteína vegetal, fonte de ferro, vitaminas do complexo B e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo. A combinação destes dois alimentos é perfeita. Fornecem diversos nutrientes e os aminoácidos que faltam em um alimento podem ser encontrados em outro.

Comente