Alergia à micropigmentação quase faz garota perder sobrancelhas

O salão de beleza não realizou os testes necessários para o procedimento. Resultado? A garota tinha severa reação alérgica ao pigmento
alergia micropigmentação

Foto - Reprodução/SWNS

Imagine a seguinte situação: para ter sobrancelhas grossas como as das celebridades, você decide se submeter ao procedimento de micropigmentação fio a fio. Porém o sonho do look perfeito se torna pesadelo e as suas sobrancelhas começam a inchar e cair sem parar. O motivo? Alergia!


Foi isso o que aconteceu com a adolescente britânica Polly Smith. A garota de 19 anos ficou horrorizada com os resultados do procedimento realizado em um salão de beleza na sua cidade.

Tudo começou quando as sobrancelhas foram delineadas. Horas depois do procedimento, a garota sentiu a área coçar e viu que a pele estava ficando cada vez mais vermelha.

Acreditando que o efeito era natural do procedimento, ela decidiu dormir para a dor passar. O que ela não imaginaria era que ao acordar seus olhos simplesmente não conseguiriam abrir.

alergia micropigmentação

Foto - Reprodução/SWNS

O inchaço era tanto que as pálpebras de Polly mal se moviam. A garota foi para o hospital, onde foi diagnosticada com severa reação alérgica ao pigmento. Infelizmente, hoje ela pode ter cicatrizes para a vida toda por conta da reação que a sua pele teve.

As sobrancelhas não só caíram como pareciam sarna. De acordo com ela para o DailyMail, a falta do salão foi não fazer um teste de alergia antes do procedimento. Já pensou no sufoco?

Hoje, Polly alerta as pessoas que são propensas a ter alergias a tomarem cuidado com os procedimentos que tingem a pele. "Você deve pensar duas vezes antes de fazer algo que pode deixar cicatrizes no seu rosto. Eu não acho que vale a pena o risco", disse.

Micropigmentação fio a fio

A técnica pode ser usada para preenchimento ou correção de falhas. Ela é realizada através do depósito de pigmento na pele por um aparelho chamado dermógrafo, semelhante a uma caneta e constituído por microagulhas. 

O pigmento atinge uma camada mais superficial da pele, a durabilidade é de 1 a 2 anos. Após a realização do procedimento é recomendado o uso de pomada cicatrizante, hidratante e filtro solar. Tudo isso para garantir que a pele fique saudável e sem nenhuma marca. 

Alergia à micropigmentação

Antes de se submeter a micropigmentação, é necessário informar todo seu quadro clinico para o profissional. Nestes casos, O salão deve fazer o teste de alergia 24 horas antes do procedimento.

Se você já tem histórico de alergias ou está tratando algum quadro clínico, é necessário apresentar um atestado médico autorizando o procedimento.

Veja a seguir algumas contra indicações para a micropigmentação:

  • Hipertensão arterial– Gota– Diabetes grave– Cardiopatias
  • Tumores cancerígenos– Epilepsia-portador de marca passo
  • AIDS– Alcoolismo– Hemofilia – Grávidas – Amamentando-
  • Complicações psicossomáticas-Alergias severas
  • Leucemia– Depressão ou Ansiedade
  • Trombose -Glaumoma- com aplicação de botox recente
  • Pacientes que estão em  tratamento específico
  • Pessoas que fizeram cirurgia plástica  a menos de um ano
  • Vale lembrar que para não ter uma surpresa ruim, nada melhor do que pesquisar ambientes que prezam por produtos de qualidade e profissionais competentes.

    Por Thamirys Teixeira

    Comente