Alcoolexia entre as mulheres

Alcoolexia entre as mulheres

Um fenômeno apelidado de "Alcoolexia" vêm gerando repercussão em grande parte do mundo. Publicado no jornal britânico Daily Mail, alguns cientistas afirmam que mulheres jovens estão deixando de realizar refeições importantes do dia para beber.

Segundo os cientistas, isso está afetando milhares de estudantes do sexo feminino que estão desesperadas para ficar com o corpo perfeito.

Em um estudo apresentado na Sociedade de Pesquisa sobre alcoolismo no início deste ano, os cientistas investigaram a relação entre abuso de álcool e a forma "desordenada" de comer, incluindo a restrição calórica.

A pesquisa feita com 1.000 estudantes universitários revelou que 25% das mulheres e 11% dos homens restringem calorias para poder beber um pouco além. Outros motivos para restringir a ingestão de alimentos antes de beber álcool são ficar bêbado mais rápido e economizar dinheiro, principalmente sob a pressão dos amigos.

Victoria Osborne, assistente de saúde pública, alertou para o perigo de consequências comportamentais e físicas. "Privar o cérebro de uma nutrição adequada e consumir grandes quantidades de álcool pode ser perigoso. Juntos, eles podem causar, a curto e longo prazo, problemas cognitivos, incluindo dificuldade de concentração, estudar e tomar decisões, além dos sérios riscos do abuso de substâncias e doenças crônicas na vida adulta", afirma.

Por Jessica Moraes

Comente