A importância da vacina contra a gripe em gestantes

gravida gripe vacina

Foto - Shutterstock

As mulheres grávidas ou que estão em período de pós-parto precisam tomar diversos cuidados, pois são mais suscetíveis a infecções.Nesta época de outono, quando tem início a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, é essencial que as gestantes incluam em sua rotina de cuidados um momento para a tão importante vacina.

As grávidas fazem parte do grupo prioritário, que inclui as crianças maiores de seis meses e menores de dois anos. Além de não prejudicar o feto, a vacina ainda protege o bebê durante os primeiros meses de vida, como explica a infectologista Rosana Richtmann, do Hospital e Maternidade Santa Joana: "As gestantes que recebem a vacinação contra a gripe durante a gestação passam anticorpos ao feto e futuro bebê através da placenta. Assim, o bebê, que não pode receber a vacina ao nascimento, estará protegido nos seus primeiros seis meses de vida através da vacinação da mãe".

As reações do remédio são todas muito brandas e seus benefícios são muitos. "A vacina contra a influenza (gripe) é produzida a partir de um vírus morto, inativo, por isso, é muito segura para qualquer paciente, seja gestante ou pessoas com alguma diminuição da imunidade. Existem poucas contraindicações da vacina, apenas pessoas que tiveram reação anafilática com o uso prévio do medicamento devem evitá-lo", explica a médica.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e até 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Mas é importante ressaltar que o medicamento é indicado apenas após os seis meses de vida, pois, antes disso, a criança estará protegida pelos anticorpos maternos que recebeu durante a gestação.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: gripe campanha vacina