5 dúvidas sobre a primeira visita ao ginecologista

ginecologista primeira consulta

Foto - Shutterstock

Quando o assunto é visita ao ginecologista, principalmente se tratando da primeira consulta, as dúvidas são muitas, mas um receio é unânime: o constrangimento de ficar deitada naquela maca em posição desconfortável e contando suas intimidades para o médico.

Infelizmente o nervosismo feminino na fase da adolescência, ou até mesmo na maturidade, é muito comum, mas esse comportamento pode ser prejudicial. Deixar para cuidar da saúde tão tarde pode trazer vários problemas, como anomalias do desenvolvimento, irregularidades menstruais ou mesmo alguma doença crônica, como ovários policísticos.

Para conscientizar as mulheres sobre a importância do acompanhamento médico, a ginecologista da rede de clínicas dr.consulta, dra. Mayara Beozzo, responde as cinco principais dúvidas sobre atenção primária à saúde feminina.

1. Qual idade ideal para iniciar o acompanhamento ginecológico?

Não há uma idade preestabelecida. A primeira consulta deve ser realizada quando houver algum tipo de dúvida que o especialista possa esclarecer ou quando começarem as menstruações. Além disso, elas precisam tomar a vacina do HPV, aplicada gratuitamente na rede pública até os 13 anos.

2. Meninas cada vez mais jovens querem usar anticoncepcional, é correto?

Anticoncepcionais, como o próprio nome já diz, têm o objetivo de evitar a gestação. Outros efeitos como regular menstruação, evitar cólicas ou melhorar a pele são interessantes e eficientes, mas são secundários, e por isso deve-se usar com critério quando o objetivo não é o contraceptivo.

3. Quando iniciar o papanicolau?

O papanicolau é o exame de prevenção ao câncer de colo do útero, que se dá principalmente pela infecção do vírus HPV, sexualmente transmissível. Deve ser iniciado nos primeiros anos de vida sexual e realizado anualmente. Quando aparecem alterações, complementamos com colposcopia e vulvoscopia, exames que concluem o diagnóstico das doenças de colo do útero.

4. Quais exames devem ser feitos anualmente por uma mulher em idade fértil?

A mulher fará exame físico realizado pelo médico - exame de mamas e especular ou toque vaginal, podendo já colher o papanicolau em consulta. Dos complementares, faz-se anualmente ultrassonografia transvaginal ou pélvica (conforme início da vida sexual) e mamária.

Vale lembrar que o ginecologista muitas vezes é o único médico com quem essas mulheres se consultam, e é prudente a realização de análises laboratoriais e pesquisas clínicas de anemia, rastreio de diabetes e colesterol.

5. A mamografia é indicada a partir de qual idade?

A partir dos 40 anos, ou antes, em casos especiais determinados pelo ginecologista ou mastologista especialista na área de mamas.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: ginecologista saúde feminina