15 boas razões para comer pepino

benefíciospepino

Foto: © Emma Kim/Corbis

Quando se fala em pepino muita gente torce o nariz, sem saber o tanto de benefícios que ele oferece à saúde. O vegetal - que é usado para denominar de forma figurada aqueles problemas que a gente tem que resolver - é sim saboroso e pode ser incorporado às refeições de várias maneiras.

Se você ainda não experimentou, está na hora de conhecer as suas propriedades e o que ele tem de bom a oferecer. Veja alguns exemplos:

Hidrata o corpo - Se você não tem tempo ou vontade de beber muita água ao longo do dia, inclua o pepino nas refeições. O alimento possui 90% de água, compensando a água perdida do seu corpo.

Elimina toxinas - Toda essa água encontrada no pepino funciona como uma "vassoura", que varre todas as impurezas para fora do seu organismo. Com uma alimentação regular, o pepino ainda é capaz de dissolver pedras nos rins.

Alivia queimação e queimaduras - Consumir pepino vai te livrar daquela azia! E mais: aplicar rodelas de pepino sobre a pele ajuda a aliviar queimaduras solares.

Reduz olheiras - Esse é um dos benefícios mais conhecidos. As rodelas de pepino também favorecem a pele da região dos olhos, reduz as bolsas e o inchaço, devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

Repõe vitaminas - O pepino tem a maioria das vitaminas que o corpo precisa em um único dia! Para torná-lo ainda mais imbatível, capriche em um suco com pepino, espinafre e cenoura, que contém uma boa quantidade de vitamina C, cerca de 12% da dose diária recomendada.

Ajuda na digestão e na perda de peso - Devido ao seu alto teor de água e baixo teor calórico, o pepino é a fonte ideal para as pessoas que estão querendo perder peso. Então aproveite para usar pepinos em suas sopas, sanduíches e saladas. Você também pode deixar aquele iogurte cremoso de baixa gordura mais crocante. Além de treinar o seu maxilar, vai ser ótimo para sua digestão. O consumo diário de pepino pode ser considerado um auxílio para a constipação intestinal.

Combate o câncer - o pepino é conhecido por conter lignanas. A substância tem um histórico de pesquisas que a relaciona com a redução do risco de vários tipos de câncer, incluindo câncer de mama, ovário, útero e próstata.

Regula diabetes - o suco do pepino contém um hormônio que é utilizado pelas células do pâncreas para produzir insulina. Por essa razão o pepino também pode ser benéfico para pacientes com diabetes.

Reduz o colesterol - pesquisadores descobriram que um composto chamado esteróis que está presente nos pepinos, pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol.

Controla a pressão arterial - o pepino contém uma grande quantidade de fibras, potássio e magnésio. Estes nutrientes trabalham para regular a pressão arterial, ou seja, tratam tanto a hipertensão como a pressão baixa.

Alivia o mau hálito - Além de refrescar gengivas doentes, o pepino ajuda a acabar com o mau hálito. Pegue uma fatia de pepino e pressione-a contra o céu da boca com a língua por 30 segundos. Isto vai matar as bactérias responsáveis pelo famoso "bafo".

Fortalece cabelos e unhas - O enxofre e a sílica, presentes no pepino, ajudam a deixar as unhas mais fortes e brilhantes, além de estimular o crescimento dos fios de cabelo.

Alivia artrite e gota - A sílica também é responsável por promover a saúde das articulações. Quando misturado com suco de cenoura, o pepino ainda pode aliviar a gota e a dor da artrite, diminuindo os níveis de ácido úrico.

Mantém os rins saudáveis - reduzindo os níveis de ácido úrico, o pepino acaba auxiliando também os rins, mantendo-os saudáveis.

Cura ressaca - Para evitar a ressaca da manhã, você pode comer algumas fatias de pepino antes de ir dormir. Ele contém uma quantidade suficiente de açúcar, vitaminas B e eletrólitos que reabastecem nutrientes essenciais do organismo e ainda reduzem as dores de cabeça.


Com tantos benefícios, não tem como não incluir o pepino na lista de compras da feira ou do supermercado!

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: pepino benefícios do pepino beleza pepino