Suco de caixinha é saudável?

Suco de caixinha é saudável

Foto/Reprodução toxel.com

Quem não gosta de tomar um suco direto da fruta? Todos nós, não é? Porém, devido à correria do dia a dia, nem sempre encontramos tempo para bater no liquidificador um delicioso suquinho. Com isso, acabamos optando pelas famosas versões de caixinha.

No mercado, existem diversas opções de sabores de sucos de caixinha para quem deseja fugir dos refrigerantes e acredita que seja uma opção mais saudável, mas na verdade não são! Segundo uma pesquisa realizada em São Paulo pelo Instituto Brasileiro de Defesa ao Consumidor (Idec), esses sucos contêm altos índices de açúcares, corantes e aromatizantes. A amostra foi composta por 12 bebidas à base de fruta comercializadas em caixinha e garrafinhas de plástico.

Além desses malefícios que estas bebidas podem proporcionar à saúde, algumas pessoas já reclamaram de "surpresinhas" encontradas dentro das embalagens, como fungos, tecido orgânicos, lagartixas e até ratinhos bem pequenos.

Embora as marcas prometam que os sucos são saudáveis e que a publicidade nos leve a crer que essas bebidas são 100% saudáveis, a nutricionista Cátia Medeiros explica que é melhor consumir os naturais: "O suco fresco, feito da fruta in natura, é sempre a melhor opção. E o ideal é que ele seja consumido logo depois do preparo, já que a vitamina C presente nas frutas se perde com grande facilidade."

Quando pensamos em suco, temos uma ordem de opções que deve ser adotada, referente à qualidade nutricional: "A primeira são aqueles preparados com fruta fresca. Polpas congeladas se tornam a segunda opção, seguida dos concentrados engarrafados. Só então vêm os sucos de caixinhas, que devem ser consumidos esporadicamente", relata a nutricionista.

A principal diferença entre um suco natural e um de caixinha está na composição de micronutrientes. Ou seja, vitamina, minerais e, principalmente, fibras são perdidas durante o processamento de fabricação. "Em casos de pessoas alérgicas, o suco em caixa se torna um consumo perigoso dependendo do tipo de corante presente na composição. Como é o caso da tartrazina, que acentua reações alérgicas em pessoas com asma brônquica", alerta Medeiros.

A nutricionista ressalta que alguns corantes podem intensificar o distúrbio de atenção e a hiperatividade infantil. Portanto, as pessoas precisam ficar atentas aos rótulos e consumir com moderação. "O suco de caixinha pode ser prejudicial à saúde se tiver sua ingestão frequente e exagerada, por causa dos corantes", diz ela.

De acordo com Cátia, se a opção for uma versão com baixo teor de açúcar e com consumo esporádico não existem malefícios em seu consumo. "É uma forma prática e segura quanto à questão higiênica para diversificar os lanches fora de casa, por exemplo. Porém, para consumo frequente ele se torna ruim, pois a maioria é rica em açúcares, corantes e aromatizantes", esclarece.

O suco natural é também uma maneira de diversificar o consumo de frutas e de contribuir para a hidratação das pessoas que têm resistência ao consumo de água. "Não que ele substitua esta bebida natural, mas somar de alguma forma", comenta Cátia.


E finaliza: "Após almoço e jantar, em pequeno volume e sem açúcar, o suco é uma boa opção para auxiliar na absorção do ferro presente nas leguminosas (feijões, soja, ervilha, grão de bico e lentilha)". E apesar dos benefícios é importante que seja consumido sem exagero para evitar o aumento do peso corporal.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente