Soja para menopausa

Soja para a menopausa

Alimento de soja enriquecido com vitaminas ajuda no combate aos transtornos da menopausa.

De acordo com a doutora Andrea Dario Frias, PhD em nutrição e coordenadora do Centro de Pesquisa Sanavita, uma porção diária de soja concentra as quantidades de nutrientes apropriadas para a saúde da mulher durante a menopausa. A especialista lembra que a soja é um alimento rico em isoflavonas, estrutura química semelhante ao estrogênio, o principal hormônio feminino, e tem excelente valor nutricional. As proteínas encontradas na soja ajudam também no controle do colesterol.

Para combater os problemas ocasionados pela menopausa um alimento de soja foi elaborado por especialistas brasileiros e estudado na Unicamp. Os resultados foram surpreendentes.

O estudo da Unicamp, coordenado pelo médico Lucio Carmignani, com orientação da ginecologista Adriana Orcesi Pedro, foi recentemente publicado na revista da Sociedade Européia de Menopausa e Andropausa. O estudo comparou os efeitos da ingestão diária de um alimento à base de isolado proteico de soja com a terapia hormonal de baixa dosagem e placebo.

Sessenta mulheres entre 40 e 60 anos foram divididas em três grupos e analisadas por dezesseis semanas. O primeiro grupo recebeu o alimento à base de soja, o segundo recebeu terapia hormonal de baixa dosagem e o terceiro somente placebo. A melhora dos sintomas como onda de calor e dor muscular, bem como sintomas urogenitais, foram mais significativas nas mulheres que utilizaram o alimento a base de soja. Porém não houve diferença nos sintomas psicológicos.

No Japão, onde a soja é a fonte de proteína consumida diariamente, as mulheres não sofrem os transtornos causados pela alteração hormonal na menopausa. Tanto é verdade que os estudiosos sobre o tema perceberam a inexistência de qualquer palavra para se referir aos calores ou afrontamentos que afligem a mulher durante a menopausa no idioma japonês.


O alimento Previna® foi desenvolvido por uma equipe de especialistas em nutrição do Centro de Pesquisa Sanavita. Cada porção de 15g possui aproximadamente 45mg de isoflavonas, 10 gramas de proteínas de soja, 500mg de cálcio e 2,5mcg de Vitamina D e pode ser uma opção para muitas mulheres que não desejam utilizar a famosa Terapia Hormonal. O enriquecimento com cálcio e vitamina D visa promover maior consumo desses micronutrientes, muito importantes nessa fase da vida da mulher.

Por Catharina Apolinário

Comente