Prazo de validade dos alimentos

evite a intoxicação atráves do consumo de alimento

Veja quanto tempo alguns alimentos duram fora da geladeira e o que acontece se forem consumidos depois desse prazo.

Pão francês - Possui 33% de água e exposto ao calor endurece, geralmente de um dia par ao outro. Armazenado em local quente e abafado, fica sujeito a formação de bolores, tornando impróprio para o consumo.

Pão de forma - Deve ser conservado em local fresco. Exposto ao calor perde a validade em até seis dias. Ele fica totalmente comprometido em qualquer pontinho com bolor.

Margarina - Quando exposta ao calor, derrete em questão de minutos. Depois de oito horas apresenta sabor amargo devido a oxidação das gorduras. Conservada na geladeira, seu prazo de validade é de 90 dias.

Suco de laranja - Uma hora após seu preparo, perde todo o valor nutricional, especialmente em relação à vitamina C. O ideal é espremer a fruta e consumir o suco imediatamente, já que mesmo sob refrigeração seus nutrientes tendem a diminuir rapidamente.

Leite - Após cinco horas aberto ele é considerado impróprio para consumo. Bactérias e fungos podem migrar para a caixinha deixando a bebida amarga. Deve ser mantido na geladeira por no máximo três dias.

Queijos - Expostos ao calor, eles ficam amargos rançosos e ácidos, principalmente os com alto teor de água e baixa quantidade de sal, como ricota e queijo minas. O tempo limite em temperatura ambiente é de três horas.

Presunto - Em menos de duas horas ele pode sofrer deterioração por bolores e bactérias que provocam alterações na cor e no sabor. Também perde água, que se acumula na embalagem na forma de um liquido espesso e ácido.

Ovos mexidos - Precisa ser consumido até duas horas após o preparo. O calor da cocção minimiza riscos e estende o tempo limite de contaminação, mas não afasta a deterioração. As sobras devem ser desprezadas. É importante lembrar também que ovos mal cozidos são mais propícios à presença da bactéria Salmonella.

Frutas - Frutas fatiadas resistem até duas horas em temperatura ambiente. Após isso estão sujeitas ao crescimento de fungos e mofo, escurecimento e perda de água, provocando alterações no sabor e na consistência.

Iogurtes - Não devem ultrapassar três horas fora da geladeira. Seu açúcar é transformado em ácido lático por fermentação bacteriana. Em contato com o meio externo, o iogurte está sujeito a contaminação por fungos, além de ficar com mau gosto.

Geleias - Resistem até cinco horas fora da geladeira, depois disso apresentam consistência esponjosa e ficam sujeitas à proliferação de mofo.


O consumo de alimentos deteriorados pode causar severas intoxicações alimentares, onde os sintomas mais comuns são diarreia (algumas vezes com sangue), dor abdominal, grande quantidade de gases, náuseas, febre e até reações alérgicas e problemas respiratórios. O quadro pode evoluir para uma intoxicação alimentar severa.

Por Jessica Moraes

Comente