Pimentões apresentam maior concentração de agrotóxicos

Pimentão é o campeão de agrotóxicos

Os agrotóxicos são usados em frutas e verduras para impedir a ação de seres nocivos. Porém, se os agricultores não tiverem alguns cuidados durante o uso, estes produtos podem afetar a saúde de quem ingere esses alimentos. Conforme explica a Engenheira dos Alimentos Eliane Marta Quinoñes, coordenadora do curso de Engenharia da Unimes (Universidade Metropolitana de Santos), existem três tipos de intoxicação: aguda, subaguda e crônica.

Na aguda os sintomas surgem rapidamente. Na intoxicação subaguda os sintomas aparecem aos poucos, como dor de cabeça, dor de estômago e sonolência. "Já a intoxicação crônica pode surgir meses ou anos após a exposição, causando alterações na função dos hormônios da tireóide, antecipação da primeira menstruação, diminuição da fertilidade masculina e até desenvolvimento de alguns cânceres", diz.

Quem tem a função de regulamentar e permitir o uso dos agrotóxicos em um nível aceitável é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em 2001 o órgão iniciou um programa de fiscalização que tem como objetivo de analisar os alimentos de forma a prevenir agravos à saúde da população pela exposição aos agrotóxicos.

Na última análise, composta por 18 alimentos diferentes, o campeão de irregularidades foi o pimentão: 92% das amostras apresentaram agrotóxicos acima do limite e substâncias não autorizadas pela agência.

A nutricionista da Amil Selma Lopes e também personal diet acredita que o ideal é consumir produtos que sejam orgânicos. "Esses alimentos mantêm suas características primárias como a prevenção de substâncias cancerígenas e radicais livres. Eles podem ser encontrados em mercados e hortifrutis. Até na horta tradicional é possível manter uma alimentação de qualidade e ainda de baixo custo."

Mas apenas comprar alimentos orgânicos muitas vezes não é viável, por isso a nutricionista Viviane Paixão, consultora da Galgani Farmácia de Manipulação, nos dá algumas dicas sobre como cuidar dos alimentos.

"Antes de serem lavados, os alimentos devem ser colocados na geladeira por duas horas. Isto é necessário porque as frutas e hortaliças, quando em contato com a água na mesma temperatura, absorvem as impurezas na casca. Então, para evitar esse risco, elas precisam estar geladas na hora em que forem lavadas", explica.

Ainda em baixa temperatura, as frutas e hortaliças devem ser colocadas numa solução de uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. Ou, se preferir, numa solução de 50 mililitros de vinagre para cada litro de água. "Os alimentos devem permanecer submersos por cerca de 10 minutos. Ainda existe a opção de deixá-los de molho em pastilhas de cloro".

A Dra. Viviane também alerta que, infelizmente, esses cuidados não zeram a quantidade de agrotóxicos, mas pelo menos diminui a concentração deles presente nos alimentos.

Confira o top 10 dos alimentos apresentaram excesso de agrotóxicos, segundo estudo da Anvisa:


1º - Pimentão

2º - Uva

3º - Pepino

4º - Morango

5º - Couve

6º - Abacaxi

7º - Mamão

8º - Alface

9º - Tomate

10º - Beterraba

Por Flávia França (MBPress)

Comente