O poder dos alimentos funcionais

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Alimentos funcionais

Você conhece o poder dos alimentos funcionais? Eles contribuem na melhora do metabolismo, prevenindo problemas de saúde e fortalecendo o organismo. Não curam doenças, mas reduzem significativamente o risco do surgimento de algumas delas.

Esse tipo de alimento também possui efeito terapêutico, regulando a coagulação sanguínea, diminuindo o colesterol entre outras vantagens.

Estudos também apontam os benefícios que os alimentos funcionais poderiam trazer para doenças como câncer, diabetes, hipertensão, Mal de Alzheimer, doenças cardiovasculares, intestinais entre outras.

Alguns exemplos de alimentos funcionais são o arroz, a soja, o azeite, o milho, o trigo, o gergelim, a linhaça, o mel, a castanha-do-Pará.

A seguir, listamos alguns dos principais componentes dos alimentos funcionais, quais seus principais atributos para a saúde e onde podem ser encontrados.

Betacaroteno - o betacaroteno se converte em vitamina A e protege as células do envelhecimento. Também ajuda a diminuir o risco de câncer. O betacaroteno pode ser encontrado na cenoura, na abóbora, no mamão, na couve, no espinafre e na manga.

Licopeno - Evita e repara os danos dos radicais livres que causam o câncer. É possível encontrar fontes de licopeno na beterraba, no pimentão, no tomate e derivados.

Flavonóides - Anulam a dioxina, substância altamente tóxica usada em agrotóxicos. Suco natural de uva e vinho tinto, café, chá verde, chocolate e própolis são exemplos de alimentos que diminuem o risco de câncer e atuam como antiinflamatórios.

Isoflavonas - Sua estrutura química é semelhante ao estrógeno,o hormônio feminino. Por isso ajuda a amenizar os sintomas da menopausa e da TPM. A soja e seus derivados são fontes riquíssimas de isoflavonas.


Probióticos - São microorganismos vivos que impedem que bactérias e outros microrganismos causadores de doenças se proliferem no intestino. Os probióticos são encontrados em iogurtes e leite fermentado.

Ômega-3 - Diminui o risco de doenças cardiovasculares, reduz os níveis de triglicerídeos e controla o colesterol total do sangue, sem acumulá-lo nos vaso sanguíneos do coração. O ômega-3 está presente em peixes, como o salmão e a truta, por exemplo.

Por Jessica Moraes

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente