Nutrição antroposófica harmoniza mente e corpo

Nutrição antroposófica harmoniza mente e corpo

A proposta alimentar da medicina antroposófica busca a harmonia do homem com o universo através de uma alimentação equilibrada, que também é sinônimo de boa saúde. Somos aquilo que comemos e transformamos em energia vital. Seguindo um cardápio moderado, escolhendo alimentos vigorosos e bem cultivados, a nutrição antroposófica propõe um organismo saudável em benefício de um bem estar integral.

A linha clássica da nutrição antroposófica é a ovolactovegetariana que segue a linha de que tudo que o ser humano precisa para alimentar-se bem deriva de ovos, leite e vegetais. Como não existem regras fixas e nem proibições, a carne também pode ser consumida. A Dra. Elaine Marasca, médica e presidente da Liga dos Usuários e Amigos da Arte Médica Ampliada, LUAAMA explica. "Há pessoas que sentem necessidade da carne, não dá para proibir. A alimentação antroposófica é uma sugestão para o indivíduo, que, se quiser, poderá compor uma alimentação equilibrada, sem a carne. A escolha é de cada um que poderá optar pelo que considera melhor para si naquele estágio de desenvolvimento," disse a doutora.

Segundo a alimentação antroposófica, os alimentos podem ser consumidos crus, assados e cozidos, evitando-se os fritos. A dieta sugere ainda restrições a ingestão de batatas, pois estas podem incrementar o pensar lógico do indivíduo. "Consumir batatas em excesso faz decrescer o pensamento altruísta do indivíduo, que cultivará um pensamento individualista, por isso a restringimos," comentou a médica.

Outro alimento evitado são os cogumelos, principalmente para pacientes com câncer. "Os cogumelos também são evitados, principalmente para pacientes com câncer", complementou Dra. Elaine. Segundo Elaine o alimento é evitado por conta seu processo de crescimento, sua relação com o meio e com outras espécies. "No caso de cogumelos, existe um crescimento desordenado, brusco. Isso não é o melhor negócio para as células cancerígenas", explicou.


Uma alimentação sadia, sob o ponto de vista da antroposofia, não está apenas em ingerir alimentos saudáveis, mas que sejam também frescos, de crescimento harmonioso, banhados pela luz solar, potencialmente portadores de vida. De acordo com a Dra. Elaine, "ao ingerir alimentos puros, o indivíduo está se integrando à natureza e ao cosmos", afirmou.

Por Catharina Apolinário

Comente

Assuntos relacionados: nutrição bem estar