Mulheres têm níveis alarmantes de colesterol alto

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
colesteroltriglicerides

Foto - Shutterstock

Pesquisa publicada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia revela que 40% dos brasileiros têm colesterol elevado - sendo que as mulheres representam 30% desse grupo.

Mesmo quem nunca desconfiou pode apresentar o problema - que certamente contribui para as 300 mil mortes anuais por doenças cardíacas no Brasil. Eliana Borges, coordenadora do Canal Médico do Centro de Diagnósticos Brasil (CDB), diz que mesmo quem apresenta taxas consideradas normais não está livre de complicações futuras.

Tudo depende do conjunto de fatores de risco já citados, com o objetivo principal de conscientizar a população sobre formas de prevenção e tratamento. Por isso, é necessário fazer esse acompanhamento desde cedo.

"A partir dos 20 anos de idade, é importante procurar um médico de confiança e realizar as dosagens de colesterol e triglicérides periodicamente. Diante de qualquer alteração, é necessário repetir a análise mais frequentemente e buscar orientação médica para iniciar um tratamento adequado", diz Eliana.

Na opinião da especialista, para manter a saúde em dia é interessante optar por alimentos com menos gordura, incluindo carnes magras. "Grelhar, assar, cozinhar ou refogar é sempre melhor do que fritar. Com relação ao leite e seus derivados, prefira os desnatados e reduza o máximo possível o consumo de maionese, margarina, manteiga, molhos cremosos e temperos oleosos".

A médica afirma que a prevenção é o que se busca, já que as doenças do coração são as que mais consomem recursos financeiros, com maior número de internações e óbitos. "Combater os fatores de risco modificáveis com certeza irá minimizar os efeitos deletérios e mortes por cardiopatias no Brasil".


Por Vila Mulher

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: mulheres triglicérides colesterol