Leite de castanhas é opção pra fugir da lactose

leitecastanhas

Foto - Shutterstock

O leite de amêndoas ou castanhas há tempos entrou no cardápio de quem evita lactose, ficando no lugar do leite de vaca. Mesmo quem não tem intolerância a essa substância, pode sofrer desconfortos, como inchaço, crises respiratórias, etc.

Muitos nutricionistas e pessoas que prezam por uma alimentação natural também lançam mão desse produto, mas como qualquer alimento, deve ter consumo moderado. Os leites vegetais, feitos de castanhas ou amêndoas, são bastante calóricos; um punhado dessas oleaginosas, usado para fazer um copo, tem cerca de 300 calorias.

Os valores nutricionais dessas bebidas também são bem diferentes do leite de vaca, que é rico em cálcio e proteínas. A maioria desses leites vegetais (sejam de quinoa, linhaça, avelã, castanhas. etc), é rico em minerais, ferro e fibras, mas deixam a desejar em proteínas, carboidratos ou gorduras. O cálcio também fica para trás. Por isso, quem opta pelo leites vegetais, deve escolher outra fonte para ingerir o cálcio, como os vegetais crucíferos.

Quem já viu essas bebidas sendo vendidas por aí já deve ter constatado: têm preço bem salgadinho. Mas saiba que dá para fazer em casa. Deixe um punhado das castanhas de molho em um copo d'água por pelo menos 8 horas, e depois bata no liquidificador.


Por Helena Dias

Comente