Iogurtes grego: fique de olho nas calorias!

Iogurtes cremosos

Foto: Creativ Studio Heinemann/Westend61/Corbis

Você já experimentou um daqueles iogurtes gregos mais cremosos e consistentes que estão lotando as prateleiras do mercado? Se não, é melhor correr e garantir a experiência. Esses novos produtos, apostas de marcas como Danone, Nestlé, Vigor e Itambé, prometem ser um ótimo complemento para a sua alimentação, ajudando a manter a forma e a cuidar da saúde, só que você deve ficar atenta as calorias de cada um para não comprometer a sua dieta.

Por serem mais concentrados, esses iogurtes têm como principal benefício oferecer maior quantidade de proteína. A nutricionista Letícia Bührnheim afirma: "O Danio se destaca por oferecer mais do que o dobro de proteína em um único pote do sabor tradicional, apesar de apresentar, praticamente, a mesma caloria dos outros iogurtes ‘grego’".

A consistência desse tipo de iogurte é uma atração à parte e vem conquistando grande aceitação por parte dos consumidores. "Isso é excelente, pois o iogurte é um alimento rico em proteína de boa qualidade, cálcio, vitamina B12 e probióticos - que são bactérias ‘amigas’ que vivem em nosso intestino", explica Letícia.

Essa consistência é resultado de um processo de retirada do soro do leite, o que torna o iogurte mais concentrado, com mais proteína e também mais gordura em relação aos outros.

As versões tradicionais do Danio, por exemplo, têm, em média, cerca de 110Kcal, suas versões light, concentram 70Kcal e as versões com frutas giram em torno de 130Kcal, em média - o que costuma ser cerca de 6% do valor diário para uma pessoa que consome, mais ou menos, 2000Kcal.

Os iogurtes, em geral, são muito importantes por melhorarem o funcionamento intestinal, aumentando a imunidade e ajudando no controle da glicemia e do colesterol. E esses benefícios são potencializados com a maior concentração de leite no mesmo volume de iogurte.

Com o intestino funcionando bem, os nutrientes são bem absorvidos e a saúde melhora significativamente. "O cálcio presente no iogurte, além de ser importante para os ossos, também ajuda a perder peso", conta a profissional. Eis um ótimo motivo para começarmos a incluí-lo na dieta, não é?

Para isso é indicado que o consumo desse produto seja feito no café da manhã ou nos lanches. "De preferência longe de alimentos ricos em cafeína e ferro, como café, chocolate, chá preto ou carnes, pois estes nutrientes atrapalham a absorção do cálcio", alerta a nutricionista.

E para incorporá-lo bem à sua dieta, você pode consumi-lo com granola e frutas das mais diversas, além de poder fazer ótimas receitas com o iogurte. "O Danio possui uma quantidade de proteína maior em relação aos outros iogurtes. Isso quer dizer que cada pote equivale a uma barra de proteína. Portanto, pode ser consumido após a atividade física", revela a nutricionista.

Mas não exagere só porque faz bem. O consumo de todos os alimentos tem seu limite e o excesso pode levar a consequências muito desagradáveis. É muito importante tomar alguns cuidados caso você tenha necessidades específicas. Por exemplo, esses iogurtes recebem adição de açúcar, fazendo com que não sejam indicados aos portadores de diabetes. As pessoas com colesterol alto devem optar pelas versões light dos produtos.

"O nosso intestino é hoje considerado nosso segundo cérebro, por ter milhões de neurônios e ser importante na produção de neurotransmissores, entre eles a serotonina que nos dá sensação de bem estar", explica Letícia. Portanto, devemos tratá-lo muito bem e uma das formas é o consumo diário de iogurte, seja ele do tipo "grego" ou convencional.


Por Juliany Bernardo (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: iogurte grego iogurtes granola calorias