Intolerância alimentar x Alergia alimentar

Intolerância alimentar x Alergia

Muita gente confunde, mas existem diferenças entre alergia e a intolerância alimentar. A alergia é um tipo de reação adversa aos alimentos e tem relação com mecanismos imunológicos e participação de anticorpos.

"Tem características de acontecer dentro de uma hora após o estímulo. Estão relacionadas a uma predisposição genética e geralmente ocorre na infância em razão da imaturidade do sistema imunológico e da flora intestinal", informa a nutricionista clínica Myrla Merlo. Sendo assim, o organismo identifica parte do alimento como substância ameaçadora que precisa ser eliminada por meio dos mecanismos de defesa.

Já a intolerância alimentar é a denominação que se aplica a qualquer reação adversa aos alimentos de caráter não imunológico. "Poderíamos dizer que os problemas são associados à falta de uma enzima necessária para a digestão do alimento. Pode levar de horas a dias para se manifestar e afeta um número maior de pessoas", conclui a nutricionista.

No caso das pessoas que possuem intolerância alimentar, principalmente à lactose, os sintomas variam entre inchaço abdominal, flatulência, cólicas ou até mesmo diarreia. Já os celíacos, que possuem uma reação à gliadina - um componente do glúten - podem ter sintomas como diarreia crônica, vômitos, dor ou distensão abdominal (barriga inchada) e constipação crônica.

"Outros sintomas são perda de apetite e de peso, desnutrição com déficit do crescimento, baixa estatura, irritabilidade, anemia, mancha nos dentes, esterilidade, abortos de repetição, osteoporose e desnutrição aguda. Em casos mais graves sem diagnóstico, pode levar o paciente à morte", diz Myrla Merlo.


As alergias alimentares mais comuns são por leite de vaca e seus derivados, como queijo e iogurte, e ao glúten - proteína presente em alguns cereais. "Existem também alergia a nozes, amendoim, frutos do mar e aditivos alimentares (corantes e conservantes)", finaliza a nutricionista.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente