Escolha o melhor peixe para a Quaresma

Escolha o melhor pescado para a Quaresma

No período da Quaresma os brasileiros consomem mais peixe, e durante o período entre os dias 09/03 e 24/04 deste ano o consumo de peixe crescerá cerca de 20%, com variações de acordo com a região. Mas é preciso atenção quanto às condições de higiene e conservação do peixe que você levará à mesa de sua família. Para que você possa oferecer um prato saudável, saboroso e de qualidade, o Governo Federal reforçou as orientações para que o peixe continue sendo essa fonte rica em saúde.

Vários cuidados são necessários desde a pesca ou cultivo, até a hora de degustá-lo. O Ministério da Pesca e Aquicultura chama atenção para o cuidado com as boas práticas e dá dicas de como escolher um bom peixe. A princípio, o consumidor deve estar atento em primeiro lugar ao estabelecimento, é obrigatório o uso de luvas descartáveis para manuseio do produto, o ambiente deve estar bem higienizado, assim como os instrumentos de trabalho do peixeiro. Independente do tipo de peixe, ou da maneira como ele é comercializado, existem formas de evitar estresse na sua páscoa.

Peixe Fresco - Os peixes frescos devem possuir pele firme, bem aderida, úmida e sem a presença de manchas. Os olhos do peixe devem ser brilhantes e salientes, as escamas devem ser unidas entre si, brilhantes e fortemente aderidas à pele. As brânquias (guelras) também devem ser observadas, devem possuir cor que vai do rosa ao vermelho intenso, ser brilhantes e sem viscosidade e o peixe não pode exalar odor repugnante. Também é importante verificar se o peixe está livre de contaminantes (como areia, pedaços de metais, plásticos, combustíveis, sabão e moscas).

Peixe Seco - O peixe seco é desidratado inteiro e tratado com sal. Deve estar armazenado em local limpo, protegido de poeira e insetos. É importante estar livre de mofo, ovos, ou larvas de moscas, manchas escuras ou avermelhadas, limosidade superficial, amolecimento e odor desagradável.

Produtos congelados - Os produtos congelados devem ser conservados sempre a temperaturas inferiores a -18ºC e resfriados abaixo de 0ºC. Atenção, verifique se há poças de água no freezer e se existe a presença de produtos molhados. Esses fatores podem indicar que o freezer foi desligado ou teve a sua temperatura reduzida, o que pode comprometer a qualidade do produto, causando sua deterioração. Os peixes já fatiados e industrializados só devem ser adquiridos se estiverem carimbados com o selo do SIF (Serviço de Inspeção Federal).

Peixe enlatado - o pescado em conserva é armazenado em recipientes herméticos, podendo ser vendido nas seguintes categorias: "Ao natural", que é o pescado armazenado com salmoura fraca, com adição ou não, de temperos ou "Em azeite ou em óleos comestíveis", que é o pescado armazenado em azeite de oliva ou outro óleo comestível, com adição ou não de temperos. Identificação da origem, prazo de validade, instruções para uso, quando necessário, o Selo de Inspeção Federal (SIF) devem estar apresentados nos rótulos.

As embalagens e prazos de validade

A embalagem deve conter o nome do produto e uma lista de ingredientes em ordem decrescente de quantidade. Conteúdo líquido, identificação da origem e identificação do lote também devem ser visualizados.

O prazo de validade deve conter dia e mês, para produtos com duração mínima menor do que 3 meses, e os produtos com duração superior a 3 meses devem conter mês e ano.

Quando necessário devem conter instruções para o uso, além de Selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e Serviço de Inspeção Estadual ou Municipal. Produtos importados devem conter informações em português.

Os produtores de pescado embalado devem declarar a rotulagem nutricional obrigatória com as seguintes informações: valor energético, carboidratos, proteínas, gordura totais, gorduras saturadas, gordura trans, fibra alimentar e sódio.


Mas cabe agora a você escolher um estabelecimento organizado e limpo, verificar a higiene dos atendentes, observar se os pescados estão mantidos na temperatura recomendada pelo fabricante e adquirir o pescado (refrigerado ou congelado) ao final das compras. Desta maneira seu almoço ou jantar na semana Santa será um sucesso.

Por Catharina Apolinário

Comente

Assuntos relacionados: bem estar peixe semana santa