Ervas aromáticas: um toque especial na sua comida

manjericao

O olfato e o paladar são sentidos fundamentais ao consumir um alimento. Para apreciarmos um bom prato é necessário que ele tenha uma boa aparência, que seja colorido e que tenha perfume, tornando-o apetitoso.

O sabor dos alimentos é importante, pois estimula a salivação, colaborando com o processo de digestão. Aí é que entram as ervas aromáticas, elas dão um toque especial aos alimentos, proporcionando um prazer degustativo.

As ervas aromáticas são plantas utilizadas como aromatizantes, das quais utilizamos as folhas, sementes e flores. Podem ser acrescentadas em diversas preparações, decorando, modificando a aparência visual e tornando os pratos mais temperados, atraentes e requintados.

Existem variados tipos: manjericão, alecrim, manjerona, hortelã, sálvia, estragão, salsa, cebolinha, coentro, louro, tomilho e outras. Um ponto importante é saber dosar a quantidade utilizada, pois algumas ervas possuem sabor acentuado, podendo prejudicar o sabor verdadeiro do alimento.

Pessoas hipertensas que não podem usar o sal de cozinha, ou mesmo aquelas que desejam evitar o sal, devem abusar das ervas frescas que temperam e oferecem um paladar bastante agradável, substituindo sal.

Falaremos um pouco, a seguir, sobre algumas ervas aromáticas:

Manjericão: muito utilizado em preparações italianas, principalmente em molhos de tomate. Esta erva possui folhas verdes com aroma característico.

Manjerona: é uma erva adocicada. Pode ser utilizada em pizzas, assados e molhos. Procure acrescentar esta erva na hora de servir o prato.

Hortelã: suas folhas são arredondadas e muito perfumadas. Esta erva pode ser utilizada em sucos, chás, saladas, molhos, bombons, vitaminas e cozidos, entre outras preparações.

Sálvia: pode ser encontrada fresca ou seca, podendo aromatizar carnes, aves, peixes, vegetais, queijos e ovos. Procure não misturar com outras ervas, pois poderá perder o seu aroma.

Estragão: com folhas finas, é acrescentado a molhos, frangos, peixes, ovos, etc. Possui sabor acentuado, devendo ser utilizado com moderação.

Salsa: existem dois tipos, de folhas lisas e frisadas. As folhas lisas são muito utilizadas para decorar pratos. Porém, ambas podem ser utilizadas em diversas preparações, como molhos, saladas, farofas, cozidos, etc.

Coentro: possui odor agradável, é muito utilizado em preparações com alimentos do mar, como peixes, mariscos e camarões.

Louro: é encontrado fresco, seco e em pó. Usado com moderação, é um ótimo tempero para feijões, ensopados, assados e carnes grelhadas.

Alecrim: acrescenta-se em carnes, aves, peixes e massas. Suas folhas são de cor verde escura.

Tomilho: esta erva possui sabor picante, é encontrada fresca, seca ou em pó, pode-se utilizar em carnes, sopas, peixes, queijos e ovos.

As ervas aromáticas possuem pouquíssimas calorias e podem ser adicionadas nas preparações, reduzindo a quantidade de sal. Por isso tenha criatividade, varie e faça deliciosos pratos!

Comente