Emagrecer comendo chocolate?

Emagrecer comendo chocolate

Por mais absurdo que possa parecer, o chocolate, quando consumido de forma moderada, pode ser um auxiliador na perda de peso. É o que indicam os resultados de um estudo recente da Universidade da Califórnia, em San Diego (EUA).

O estudo foi realizado em 1.081 pessoas de 20 a 85 anos (não portadores de doenças cardiovasculares ou diabetes) e observou suas dietas, ingestão de calorias e Índice de Massa Corporal (IMC), que mede a obesidade.

Segundo o estudo publicado no Archives of Internal Medicine, apesar de ser um alimento em geral bastante calórico, o chocolate contém ingredientes que favorecem a perda de peso, em vez do acúmulo de gordura. Por essa razão, o alimento pode ajudar na redução do IMC.

De acordo com a pesquisa, o chocolate mostrou ter associações metabólicas favoráveis com pressão sanguínea, sensibilidade à insulina (hormônio que promove a absorção de glicose pelas células) e nível de colesterol. Ele é rico em antioxidantes que podem contribuir para a sensibilidade à insulina e pressão sanguínea.

Mas existe, é claro, a ressalva: como o chocolate contém calorias, há preocupações quanto a sua ingestão. Aparentemente, o mais importante é a frequência com que o chocolate é consumido, e não a sua quantidade.

Sendo assim, o estudo aponta que a hipótese é de que os benefícios do consumo moderado e frequente pode ajudar na redução da deposição de gordura, potencialmente contrabalanceando as calorias adicionadas.

O trabalho da Universidade da Califórnia não é o primeiro a apontar benefícios na ingestão de chocolate, em geral considerado um vilão das dietas. O doce, em especial do tipo meio amargo, contém antioxidantes que podem ajudar a limpar radicais livres - químicos instáveis que podem danificar as células do corpo humano.

A partir de estudos feitos com roedores, a crença dos pesquisadores é que esses compostos antioxidantes também podem melhorar a massa muscular e reduzir o peso. Agora serão necessários testes clínicos para verificar se isso se repete em seres humanos. Mas antes que você abocanhe uma barra inteira de chocolate, lembre-se de que ainda faltam evidências conclusivas, ou seja, os especialistas sugerem cautela.


Ainda que não haja mal em comer chocolate de vez em quando, o consumo excessivo pode trazer problemas, já que o alimento costuma ser rico em gorduras e açúcar. Quer testar? O recomendável é provar pequenos pedaços de chocolate amargo ou meio amargo com mais frequência, ao invés de comer grandes quantidades de chocolates mais doces.

Por Jessica Moraes

Comente