Dietas milagrosas em busca do corpo perfeito no verão

Dietas milagrosas em busca do corpo perfeito no ve

Foto: Dreamstime

Muita gente faz dietas milagrosas, radicais ou vai atrás de promessas de emagrecimento expresso para ter um corpo perfeito para o verão. Dieta da lua, da proteína, da sopa, do shake e outras como essas. Será que isso funciona? Quais os riscos?

A nutricionista e diretora de empresa KJ nutricional, Karoline Jorge, afirmou que no início estas dietas podem fazer emagrecer, mas podem trazer prejuízos a saúde como problemas ao organismo pela falta de vitaminas, minerais e calorias, prejudicando a manutenção saudável do organismo. Ela lembrou ainda que com essas dietas ficamos mais predisposto a tonturas, fraqueza, anemia, queda de cabelo, irritabilidade, desmaios, indisposição, cansaço mental, mau humor e insônia.

As dietas radicais são prejudiciais a saúde, pois normalmente são insuficientes em relação as vitaminas, minerais e calorias que nosso organismo necessita para manutenção do equilíbrio corporal saudável. É possível emagrecer em pouco tempo, mas para isso as dietas restritivas não são muito aconselhadas segundo a nutricionista. "Na maioria das vezes, as pessoas as fazem sem critérios e acabam tendo o efeito "sanfona" depois, por isso se você precisa perder peso em pouco tempo, isso deverá ser rigorosamente acompanhado por um profissional. Uma alimentação equilibrada e que contempla todos os nutrientes também ajudam na perda de peso sem trazer conseqüências", lembrou. A especialista também ressaltou a importância de comer devagar, mastigando bem.


Dicas da nutricionista

Karoline lembra que em primeiro lugar devemos saber que as necessidades são individuais e, portanto, devem ser analisadas separadamente, mas pra quem quer começar a manter uma alimentação saudável. Algumas dicas são importantes como: fazer pelo menos três refeições acompanhadas de dois lanches saudáveis por dia; não pular refeições e comer de 3 em 3 horas; incluir na alimentação cereais integrais, frutas e verduras; evitar refrigerantes e sucos industrializados, sobremesas doces e outras guloseimas; evitar o consumo de alimentos ricos em açúcares, gorduras e sódio; beber pelo menos 2 litros de água diariamente e aliar esses hábitos saudáveis a prática de atividade física.

Por Catharina Apolinário

Comente