Dieta sem glúten - vale a pena radicalizar?

glúten

© Jamie Grill/Tetra Images/Corbis

Retirar o glúten da dieta está na moda, mas será que isso é eficaz para quem quer emagrecer? De fato, a redução de massas, bolos e pães favorecem o emagrecimento. Mas de nada adianta cortar só o glúten e ingerir outros alimentos calóricos. Além do mais, se você não é uma pessoa celíaca (ou seja, não tem intolerância ao glúten) não precisar radicalizar e retirar a proteína totalmente da dieta.

O glúten, proteína presente na farinha de trigo, centeio, cevada, malte e aveia, pode ser um vilão para qualquer pessoa que o consome em excesso. Um exemplo disso é aquela sensação de estufamento logo depois que você come um pão ou uma pizza. O exagero pode desencadear uma espécie de hipersensibilidade ao glúten.

Em contrapartida, a ausência no consumo de alimentos que contêm glúten resulta também em uma ingestão menor de carboidratos simples, o que pode afetar a saúde. Sem alguns desses carboidratos, o organismo pode sentir a falta de nutrientes essenciais, como cálcio, zinco, fósforo e vitaminas do complexo B.

Ainda sim podemos escolher carboidratos presentes em vegetais, frutas, e em alguns casos raízes e legumes, como inhame e feijão. Os nutrientes que acompanham esses carboidratos podem ser obtidos no consumo de carnes, aves, peixes e oleaginosas.

Apesar das divergências, retirar totalmente o glúten da dieta talvez não seja a melhor saída. Ainda que haja controvérsias entre os próprios médicos e nutricionistas, a melhor opção seria fazer um rodízio de alimentos, interrompendo o consumo de glúten por alguns dias. Esse descanso ao organismo proporciona a eliminação de toxinas e ainda melhora o funcionamento do intestino.

Durante esse período é preciso evitar os alimentos industrializados e dar atenção a alimentos menos comuns do nosso cotidiano, como o inhame, a tapioca, quinoa, chia, linhaça, fécula de batata e mandioca e outros mais comuns como feijão, arroz, milho e laticínios.

Não é necessário privar-se de pequenos prazeres como comer um pedaço de pizza ou um pãozinho de vez em quando.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: emagrecimento nutrição dieta glúten