Dicas para um cafezinho menos calórico

Para o frio que tal um café incrementado

Foto Suat Eman/http://bit.ly/drK5dr

Puro ou com leite, o café já se tornou indispensável para milhões de brasileiros. Se consumido com moderação, pode trazer diversos benefícios ao organismo, pois suas substâncias ajudam a reduzir o risco de diabetes, proteger o sistema cardiovascular, prevenir depressão, entre outros.

No inverno, nada com um café para esquentar o dia. Para reduzir o sabor amargo ou até mesmo para variar o paladar, que tal incrementar a bebida com algumas delícias e dar um toque especial?

Leite - A variação mais comum do café é o popular pingado, quando o líquido é misturado ao leite. O problema é que o aproveitamento das substâncias dos dois alimentos é melhor se forem consumidos separadamente, porque a cafeína reduz a absorção do cálcio. Mas para quem não dispensa a mistura brasileira, o ideal é que a quantidade do café não ultrapasse 1.4 do leite.

Petit four - Aquele biscoitinho que acompanha o café é muito saboroso, mas cheio de manteiga e açúcar. A melhor opção para não cometer excessos é optar pela versão integral, que tem menor índice glicêmico e, por isso, dá mais saciedade e controla a glicemia do sangue.

Menta - Para dar um gostinho especial ao café, a adição de folhas de menta está liberada, já que as calorias da planta são insignificantes. A menta possui diversas propriedades positivas, já que é um poderoso antisséptico e expectorante, além de ótimo para facilitar a digestão, já que ajuda na secreção de enzimas digestivas.

Canela - Outra opção bem magra de mistura para o café é a canela, que pode ser polvilhada na versão em pó ou inserida na forma em pau. A canela possui efeito termogênico, que aumenta o gasto calórico em repouso, assim como a cafeína, ou seja, a mistura é ótima para a dieta.

Chocolate - Essa não é a melhor opção para quem está fazendo dieta, a mistura do ingrediente em pastilha, bombons ou palitos na versão amargo ou meio margo, que possuem menos gordura e mais cacau, que é um forte protetor para o sistema cardiovascular. Sem contar que a mistura fica uma delícia!


Chantili - Outra versão um tanto quanto calórica de mistura para o café é a adição de chantil, já que a mistura de açúcar como creme de leite fresco é rica em gorduras saturadas. O difícil é resistir ao sabor maravilhoso do amargo do café e a doçura do chantili. O ideal é optar pela versão light ou a mistura feita com creme vegetal sem açúcar, que reduz o valor calórico em 25%.

Por Carmem Sanches

Comente

Assuntos relacionados: saúde café leite inverno