Controle suas emoções com os alimentos

Alguns alimentos podem nos ajudar a controlar certas emoções que nos atrapalham como por exemplo: a ansiedade, o mau humor, aquela irritação que surge quando estamos de TPM ou até mesmo o estresse diário causado pela vida atribulada que levamos. Veja a seguir sugestões de alimentos para essas situações.

Ansiedade

Serotonina! É disso que você precisa, além de estar presente nos doces, você também encontra na banana, que é fonte de triptofano e vitamina B6, que são substâncias que favorecem a produção de serotonina. Então na hora que dá aquela vontade de comer um docinho que tal uma banana com canela e gotinhas de adoçante no microondas?

Outras fontes de triptofano: carnes magras, peixes, leite e iogurtes desnatados, queijos brancos e magros, nozes, arroz, feijão, lentilha, castanhas, abacate, soja e derivados.

A vitamina E também pode aliviar a ansiedade por ser antioxidante. Veja quais são suas fontes: germe de trigo, nozes, carnes, amendoim, óleos vegetais, ovos.

Insônia

O abacate é fonte de vitamina B3 que equilibra os hormônios que regulam as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo sono. Beber aquela xícara de leite morno com mel antes de dormir também é uma boa pedida, pois o leite contém triptofano, que também age como um indutor natural do sono. O mel também é proposital, por ser um carboidrato, facilita a entrada do triptofano no cérebro.

Mau humor

Mau humor constante pode ser sinal de falta de ômega 3. Salmão e outros peixes como atum, arenque e sardinha são boas opções. Ômega 3 melhora o ânimo porque aumenta os níveis de serotonina, dopamina e noradrenalina - substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Nozes e castanhas também são fontes de ômega 3.

Algumas mulheres sentem vontade de consumir carboidratos (doces, massas, pães, etc), provavelmente para aumentar o triptofano e serotonina, conseqüentemente com melhora do humor. Então prefira o consumo de carboidratos integrais, exemplos: pães, biscoitos, aveia, farelo de trigo, macarrão, arroz, etc.

Depressão, angústia

Essas sensações podem estar relacionadas ao desequilíbrio de cálcio e magnésio. Essa dupla atua no balanceamento das sensações. Inclua alimentos com cálcio (leite, queijo e iogurte) e magnésio (feijões, cereais integrais, vegetais de folha verde escura) na dieta. A lentilha por exemplo tem efeito tranquilizante, porque é precursora da gaba, neurotransmissor que também interfere nos sentimentos.

Falta de concentração e memória

O brócolis rico em ácido fólico acelera o processamento de informação nas células do cérebro, melhorando a memória.


A gema de ovo contém colina, precursor do neurotransmissor acetilcolina, que pode melhorar a memória. Sua deficiência parece estar associada à doença de Alzheimer. Os peixes principalmente os de água fria (salmão, anchova, sardinha, atum, arenque), são fontes de ácidos graxos ômega 3, poderoso antioxidante, que também ajuda na memória.

Roberta dos Santos Silva é nutricionista do site Cyber Diet e especialista em Atendimento Nutricional.

Comente