Conheça os alimentos "falsos"

alimentos falsos

© Monalyn Gracia/Corbis

Você conhece os alimentos falsos? Eles estão por aí, presentes nas nossas mesas, nas prateleiras do supermercado, no nosso cotidiano, mas não são o que parecem ser. Quer saber quais são e o porquê? Confira na lista!

Chocolate - De acordo com a Associação de Turismo de Ilhéus (a maior cidade produtora de Cacau do Brasil) 1 em cada 3 chocolates fabricados no país não possuem a quantidade mínima de cacau para ser considerado um chocolate. O valor mínimo de cacau é 25% para que um chocolate seja considerado realmente um chocolate. Sua classificação deveria ser diferente, assim como ocorre com o chocolate branco que não passa de gordura e açúcar.

Pão integral - Pães integrais são falsos em sua maioria pois não são 100% integrais. O importante ao comprar um pão integral é verificar se ele possui os dizeres "100% integral" no rótulo e também se possui uma boa quantidade de fibras por porção, além de 100% de farinha integral, e não enriquecida, o que é comum em pães integrais.

Manteiga de pipoca - Aquele cheirinho de manteiga que você sente enquanto compra sua pipoca no cinema é na verdade um óleo de soja com sabor artificial de manteiga. A coloração mais avermelhada é obtida com beta caroteno.

Cereja - É muito comum padarias fazerem uma cereja falsa utilizando o chuchu, que aceita qualquer sabor e engana muito bem aqueles que não conhecem o sabor de uma cereja de verdade.

Kani Kama - O Kani Kama tem de tudo, menos a carne de siri que todos acreditam estar comendo. O Kani consiste em uma mistura de carne de diversos tipos de pescados e amido de trigo, clara de ovo, açúcar, um extrato de algas, aromatizantes sabor caranguejo, sal, vinho de arroz e um pouco de glutamato monossódico, que é um dos piores venenos existentes na comida industrializada. A coloração rosa é Colchonilla, um corante alimentício avermelhado que é obtido esmagando-se um inseto vermelho de mesmo nome.


Salmão - Muitos restaurantes comercializam truta da Patagônia ao invés de salmão sem avisar os clientes. A diferença entre os dois peixes é pequena, já que sabor é o mesmo. Mas o salmão possui a carne mais oleosa e as tiras do peixe são mais grossas que a da truta.

Por Jessica Moraes

Comente