Como o metabolismo lento pode atrapalhar no emagrecimento?

Como o metabolismo lento pode atrapalhar no emagre

Foto - Adrianko/Corbis.

Algumas mulheres encontram certa dificuldade em emagrecer depois que a idade vai chegando. Outras percebem que engordam muito mais rápido aos 50, tendo mantido a mesma dieta de sempre. É dito por aí que isso é culpa do metabolismo lento, principalmente a partir dos 30. Será?

A Dra. Myrna Campagnoli, endocrinologista da clínica Delboni Auriemo , afirma que isso varia de mulher para mulher. "Dependem de inúmeros fatores como genética, sexo, idade, peso, estatura, alimentação e atividade física. Em qualquer idade na qual haja piora dos hábitos alimentares e de atividade física, haverá prejuízo na taxa metabólica e tendência ao ganho de peso", explica a médica.

Porém, depois de virar 30 primaveras (principalmente as mulheres), o prejuízo causado pela desaceleração do metabolismo se acentua e acaba sendo mais percebido. "Muitos estudos demonstram que esta diferença não está 100% ligada apenas à idade, mas sim a um somatório de grandes mudanças na alimentação e atividades físicas em virtude da fase de vida (casamento, vida profissional, filhos)", esclarece.

Quais os efeitos do metabolismo mais lento?

Como afirma a Dra. Myrna, a redução da taxa metabólica consiste na redução do consumo de energia, contada em calorias, para a manutenção das nossas funções vitais.

Quando nosso metabolismo fica mais lento, ele consome menos energia para manter o corpo funcionando. Resultado: gordurinhas se acumulando se você ingerir o mesmo tanto de calorias que o normal.

Essa "baixa" no funcionamento do organismo também provoca cansaço, fadiga e indisposição para atividades físicas. Com isso, um círculo vicioso se inicia: metabolismo lento leva à indisposição para fazer atividades, que reduz ainda mais o trabalho do organismo - e as gorduras se acumulam.

Na ponta do lápis!

O Índice de Metabolismo Basal é o tanto de calorias que seu corpo gasta em repouso.

Geralmente, 70% da energia que ingerimos serve para a manutenção das funções vitais (respiração, coração, temperatura corporal) quando estamos em repouso, enquanto outros 10% a 12% são usados para digestão dos alimentos e os 18% a 30% restantes se destinam à manutenção do organismo (cicatrização, crescimento) e realização das atividades cotidianas (movimentos).

O legal é que, baseando-se em sua idade, peso, altura e nível de atividade, você pode saber quantas calorias seu corpo gasta, em média, para se manter. Dessa forma, é possível "controlar a boca" para não ingerir além do permitido, para manter o peso. Mas não se esqueça de consultar os médicos antes de tomar qualquer decisão sobre sua alimentação ou atividade física.

Calculando...

A conta pode parecer complicada, mas você só precisa substituir os valores e colocá-los na calculadora (lembrando que esse cálculo é válido apenas para mulheres):

Considere ‘MB’ como Metabolismo Basal e ‘TA’ como Taxa de Atividade, que é um índice fixo, baseado em quanto de atividade você pratica.

MB = TA x {655 + [(9,6 x Peso em kg) + (1,8 x Altura em cm) - (4,7 x Idade em anos)]}.

A taxa de Atividade é fixada assim:

Sedentários = 1.2 (pouco ou nenhum exercício)

Levemente ativo = 1.375 (exercício leve 1 a 3 dias por semana)

Moderadamente ativo = 1.65 (exercício moderado, faz esportes 3 a 5 dias por semana)

Altamente ativo = 1.725 (exercício pesado de 5 a 6 dias por semana)

Extremamente ativo = 1.9 (exercício pesado diariamente e até duas vezes por dia)

Fazendo esse cálculo e descobrindo quantas calorias seu corpo gasta diariamente, fica mais fácil fazer a contagem de calorias dos alimentos e combiná-los para ter uma dieta balanceada e dentro do indicado para seu corpo.

Veja o exemplo de uma mulher de 65 quilos e 1,65 de altura:

Como o metabolismo lento pode atrapalhar no emagre

Foto - Divulgação.

Veja que, com o passar dos anos, o índice de metabolismo basal (a energia que o corpo necessita para manter as funções vitais) vai diminuindo.

Como o metabolismo lento pode atrapalhar no emagre

Foto - Divulgação

Como o metabolismo lento pode atrapalhar no emagre

Foto - Divulgação

Aqui é possível verificar a grande influência dos exercícios físicos na queima de calorias diária e no funcionamento do nosso organismo. Quanto mais ativa fisicamente você for, mais calorias seu metabolismo queimará diária e semanalmente.

Por Juliany Bernardo (MBPress)

Comente