Como manter o peso ideal?

Como manter o peso ideal

Você mudou hábitos alimentares, resistiu a doces, se acabou na academia e finalmente atingiu o seu objetivo. Emagreceu quantos quilos havia planejado no início da dieta. Mas e agora, como se comportar para manter o peso ideal?

A primeira coisa é lembrar que não dá para se descuidar, é necessário continuar tento uma vida regrada. De acordo com a nutricionista da Equilibrium Consultoria, Thatiana Fazion, coisas que aprendemos durante a dieta devem ser mantidas: mantenha uma alimentação equilibrada que contenha todos os grupos alimentares (proteínas, gorduras e carboidratos) em quantidades adequadas. Lembre-se de comer de três em três horas, no intervalo entre as refeições prefira alimentos leves como frutas, iogurte desnatado, barra de cereal e torrada integral. É importante também mastigar lentamente. "Tenha consciência que nada é proibido, é só saber equilibrar a qualidade e a quantidade dos alimentos".

Comer os nossos alimentos preferidos, normalmente mais calóricos, é mais permitido. Doces, frituras e refrigerantes podem sim ser incluídos na sua dieta, basta consumi-los em quantidades moderadas. "Uma boa dica é escolher um ou dois dias na semana para comer alimentos preferidos caso sejam calóricos".

Nunca abandonar a prática de exercícios físicos também é muito importante. "Além de causar uma sensação de bem estar, a pratica de exercícios físicos contribui para a manutenção de peso e para o aumento bom colesterol, prevenindo doenças cardiovasculares. Para quem perdeu peso e deseja manter, a pratica de exercícios somada a alimentação equilibrada é essencial", explica Thatiana.

Erro comum

A nutricionista lembra que muitas vezes as pessoas ganham peso novamente após uma dieta porque não emagreceram de forma muito saudável. Muitas pessoas emagrecem a curto prazo com uma restrição calórica muito grande ficando muitas horas sem comer e/ou se privando de algum grupo alimentar específico, normalmente carboidrato.


"Isso faz com que o metabolismo se torne mais lento, e as pessoas, quando voltam a comer normalmente, acabam cometendo excessos por terem se privado de determinados alimentos".

Por Larissa Alvarez

Comente