Como manter a dieta chegando tarde em casa?

Manter a dieta

Foto: Wavebreak Media Ltd./Corbis

Tic-tac, tic-tac! Às vezes o nosso dia a dia é tão corrido que o tempo não passa, voa! Chegando tarde em casa, acabamos por vezes deixando de lado a alimentação saudável ou aquela dieta que tínhamos prometido começar e nunca deu certo. Isso porque encontramos nos congelados, nas massas, nas frituras e fast-foods uma saída para comer logo quando chegamos tarde em casa, e com fome, claro. Sendo assim: o que fazer nesses casos?

Vamos te dar algumas dicas de como organizar um cardápio bacana e simples para a noite. Dessa forma, mesmo chegando cansada do trabalho, do curso ou da faculdade, você não vai precisar ficar horas na cozinha para levar a dieta em frente.

Deixar comidinhas básicas na geladeira é uma saída! Cozinhe grão-de-bico, feijão e soja, se tiver o hábito de comer leguminosas. Outra opção é preparar um picadinho de frango com legumes e deixar refrigerando. Atum se torna uma opção prática para incrementar alguns pratos também, principalmente saladas.

Aliás, falando nelas... Separe folhas de sua preferência e deixe-as lavadas na geladeira. Quando chegar em casa faminta, junte a alface, agrião ou rúcula com alguns aperitivos como tomate, pepino e até, quem sabe, o grão-de-bico que já cozinhou, por exemplo. Fácil e prático!

Nos dias em que chegar sem ânimo algum em casa, uma sopa pode estar te esperando no congelador. Já pensou? Para isso, basta separar dois dias na semana, fazer uma sopa do seu agrado e deixar congelando em potinhos.


Fazer seu próprio hambúrguer, com ervas e temperos especiais, e deixar congelado é outra opção. A aposta ideal de companhia à carne é uma saladinha ou um legume cozido.

Outra prática saudável para comidinhas à noite é o famoso omelete! Com um ovo você pode criar um banquete. Basta enfeitar com temperos e vegetais que mais gostar, como orégano, cebola, peito de peru, queijo branco, cogumelos, espinafre, tomate, etc.

Por fim, a dica de sobremesa mais prática, simples e saudável de todas: a boa e velha fruta!

Alessandra Vespa (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: emagrecer alimentação saudável dieta