Como combinar os alimentos

Como combinar os alimentos

Como preparar sua refeição combinando os alimentos da forma mais adequada e saudável? Para o equilíbrio da dieta é importante que as refeições principais contenham todos os grupos de nutrientes: carboidratos, proteínas e lipídeos (gorduras), por isso o nutricionista e diretor científico da Nutricore, Antonio Pedro Tavares, aconselha colocar fontes proteicas no prato, como carnes e ovos em conjunto com essas fontes prioritárias de carboidratos.

"Os melhores tipos de alimentos são os menos processados, pois estes contêm maior teor de fibras e precisamos de no mínimo 20 a 25g de fibras ao dia, sendo que a maioria das pessoas consome em torno de metade desses valores, além de vitaminas e minerais", explica.

Os melhores exemplos de alimentos fontes de carboidrato são: frutas, arroz integral, macarrão integral, pão integral.

O nutricionista explica que além da fibra melhorar o funcionamento do intestino (desde que o indivíduo beba uma quantidade correta de líquidos ao longo do dia), ela diminui a sensação de fome, pois retarda o esvaziamento gástrico, reduz a velocidade de absorção do alimento (gerando menor liberação do hormônio insulina, que controla os níveis de açúcar no sangue) e auxilia na redução de gordura corporal (inclusive colesterol e triglicérides).

Alimentos que devem estar sempre no prato:

Ovos, batatas - O aquecimento dos óleos leva a uma transformação das chamadas gorduras "boas" (alguns tipos de poliinsaturadas e monoinsaturadas) em gorduras "ruins" (saturadas), por isso a recomendação de priorizar alimentos cozidos (ovo cozido, batatas cozidas).

Azeite - Recomenda-se manter o azeite na dieta (de 1 a 2 colheres de sopa ao dia, pelo menos). A gordura boa do azeite age no organismo como nutriente antiinflamatório, colaborando de forma indireta para a redução de gordura corporal e melhora do sistema imune.

Tomate - Ele é muito indicado, principalmente na forma de molho, em que suas substâncias antioxidantes ficam mais concentradas. É ideal para os homens, pois possui licopeno - substância que se consumida frequentemente ao longo da vida reduz os riscos de tumores prostáticos.


Folhas em geral - Antonio recomenda no mínimo uma fonte de folhas cruas verde escuras diariamente. São ricas em vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e possuem fibras.

Peixes - O ideal é consumir ao menos duas ou três vezes ao longo da semana, obviamente evitando preparações fritas.

Por Jessica Moraes

Comente