Alimentos que podem te deixar mal-humorada

Bom humor x alimentação

Foto - Shutterstock

Existem aqueles dias em que você está se sentindo mais irritada, mal-humorada, ansiosa ou meio depressiva, mas você sempre culpa os hormônios, o trabalho ou os seus relacionamentos cotidianos. A culpa pode até ser de tudo isso, mas nem sempre é só isso. Saiba que a resposta para essas alterações podem estar bem debaixo do seu nariz - quase que literalmente falando.

Você é o que você come. E tudo o que você escolhe ingerir pode estar diretamente ligado às alterações de humor. Fique de olho para ver se algum dos produtos a seguir não estão te ajudando a ficar com os cabelos em pé!

Carboidratos refinados: de fato, os carboidratos dão um alívio momentâneo, porque faz com que o seu corpo produza serotonina - também conhecido como o "hormônio da felicidade". Se consumidos em excesso, os caboidratos refinados fazem com que a quantidade de açúcar no sangue aumente rapidamente, o que resulta em depressão e mau humor.

O melhor para sair dessa é consumir carboidratos complexos, como produtos integrais e aveia, que são digeridos mais lentamente e contém baixo índice glicêmico. Além de te auxiliar com a dieta, também ajudam a manter o nível de glicose no sangue equilibrado (e você também!).

Gordura: tudo que é gordo não só engorda, como também te deixa com os ânimos alterados. No frio é a época do ano que se deve ter mais atenção no que se consome, porque é quando aquela vontade de comer aumenta - principalmente quando é para comer produtos que contém gorduras ruins. Pesquisadores dizem que esse é um mecanismo de sobrevivência do nosso corpo, porque precisaríamos de mais gordura armazenada para nos manter aquecidos durante o inverno. Para ajudar o seu organismo, você pode ficar amiga das gorduras boas, como as de peixes, que também contêm ômega 3 e ajudam a manter o bom humor.

Cafeína: o consumo moderado da cafeína pode até trazer benefícios para o organismo como melhora na memória e na concentração. Mas as bebidas ricas em cafeína, como chá preto ou aquele cafezinho de todo dia, contribuem para aumentar os níveis de ansiedade e nervosismo se consumidos em excesso. Isso porque a cafeína atua diretamente no sistema nervoso e, se consumida em altas doses, pode estimular além do suficiente o sistema, aumentando a irritabilidade, a ansiedade e pode até causar dores de cabeça.


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: alimentação saudável ansiedade