Alimentos que combatem a celulite

Alimentos que combatem a celulite

A celulite é um problema recorrente feminino. Mas como evitá-las é sempre uma grande dúvida, pois ela está ligada a muitos fatores do nosso corpo. Por isso saiba que você consegue bons resultados com alimentos que combatem a celulite. E acredite: não precisa entrar na neurose das dietas rigorosas.

A celulite é a junção de moléculas de água e gordura presentes no organismo, que podem aparecer devido a diversos fatores no corpo da mulher. "Podem estar ligados a fatores hormonais, ser resultado de má circulação, maus hábitos e sedentarismo", diz a médica nutróloga e diretora da Associação Médica Brasileira Ortomolecular, Liliane Oppermann.

Existem alimentos que as pessoas devem evitar como: "Frituras, produtos industrializados, temperos prontos, refrigerantes e todos os tipos de confeitaria, por exemplo", alerta a doutora. "Esses são os grandes vilões que causam a retenção de líquidos que resulta na celulite."

É recomendado também que sejam ingeridos alimentos de baixo índice glicêmico. "Frutas como melão, pêra e todos os vegetais folhosos, como alface e cereais como aveia e iogurte também pode estar mais presentes na dieta", afirma a nutróloga. Ela indica ainda o consumo de dois litros de água por dia, para ajudar na circulação.

Com o estresse diário, as pessoas não fazem as refeições corretamente. E não adianta ficar horas em jejum e só se alimentar duas vezes por dia, pois segundo a nutróloga, o estresse também ajuda na obtenção de celulite. "Como é um problema que se deve à má circulação de líquido na mulher, são bastante recomendados chás diuréticos como chá verde, de abacateiro, cavalinha e quebra-pedra", diz Dra. Liliane.


Há também chás antiestresse, como os de erva-cidreira e folha de maracujá. Para as pessoas que não gostam de chá, a nutróloga recomenda fazer um suco com folhas de alface e suco de abacaxi. Mas para um melhor resultado é importante combinar todos os fatores: "Alimentação saudável, combate ao estresse, refeições nas horas certas e a prática de atividade física", aconselha a doutora.

Por Maday Florencio (MBPress)

Comente