Alimentos funcionais para melhorar a digestão

Alimentos funcionais para melhorar a digestão

Comer é bom e todo mundo gosta. Mas, muita calma. Não é porque você é boa de garfo que ingere os alimentos corretos para o bom funcionamento do organismo, muito pelo contrário. Comer muito não é sinônimo de boa alimentação e, dependendo do tipo de alimento que você consome, essa atitude pode resultar em indigestão. Afinal, é bom lembrar que boa parte da culpa da má digestão vem dos alimentos. Por isso, se você quer fugir do inconveniente, atente-se aos seus hábitos alimentares.

De acordo com a nutricionista e chef especializada em alimentação saudável, Selva Fierro, o primeiro passo para combater a indigestão é avaliar a qualidade dos alimentos escolhidos. Se eles são muito gordurosos e estiverem frequentemente presentes no seu prato, podem ocasionar desconforto estomacal.

Ainda segundo a especialista, de maneira geral, os alimentos ricos em carboidratos (arroz, massas, pães, frutas e legumes) e as proteínas (carnes, leite e leguminosas) são digeridos com mais facilidade. Já as gorduras (óleos, creme de leite e manteiga) são nutrientes com maior dificuldade de digestão. Ou seja, uma alimentação rica em frutas, legumes, cereais e carnes magras dificilmente ocasionará transtornos digestivos enquanto uma dieta rica em fritura, embutidos e doces certamente resultará em desconforto ao seu estômago.

As bebidas consumidas durante as refeições também podem contribuir para a indigestão, principalmente as gasosas, uma vez que os líquidos dão a sensação de que o estômago está inchado. "O estômago tem de suportar o peso do prato mais a quantidade de líquido. Esses excessos distendem o órgão, causando o desconforto. Além disso, os líquidos diluem as enzimas participantes do processo digestivo", explica a nutricionista.

Não consegue abrir mão de ingerir algum líquido junto com a comida? A especialista dá a dica para evitar o desconforto: "limite a ingestão de líquido a um copo de 200ml durante as refeições". É importante lembrar também que a digestão começa na boca, já que algumas enzimas atuam ainda enquanto se mastiga. "Pular essa parte é um empecilho para uma quebra satisfatória dos alimentos", aponta Fierro.

Você possui bons hábitos alimentares e mesmo assim a má digestão continua sendo constante na sua vida? Saiba que alguns alimentos funcionais podem contribuir (e muito) para que a sua digestão ocorra de uma maneira mais tranquila. Pensando nisso, a nutricionista elencou alguns dos alimentos que podem te ajudar a se livrar de vez do desconforto estomacal.

Tomate: está relacionado à diminuição do risco de câncer de próstata por conter em abundância uma substância funcional chamada licopeno, que é encontrada também na melancia, no pimentão e na beterraba.

Soja: contém isoflavonas, substâncias funcionais que auxiliam na redução do colesterol ruim e atenuam os sintomas da menopausa.

Chá verde: oferece uma substância funcional chamada catequina, que previne diversos tipos de câncer e doenças cardiovasculares, colaborando também para retardar o envelhecimento. Além disso, o chá pode ajudar a combater a má digestão, pois ativa as enzimas digestivas se tomado 10 minutos antes da refeição. Também atua como um ótimo antiácido tomado logo após a ingestão de alimentos.

Gengibre: sua raiz é cheia de propriedades que deixam o organismo longe de enjôos, gases, infecções e inflamações. Além disso, o elemento que confere o sabor picante do gengibre fortalece a circulação sanguínea.

Canela: curiosamente, a canela diminui o açúcar no sangue, atuando em vários níveis diferentes. Ela ajuda a retardar o esvaziamento do estômago, reduzindo o aumento acentuado de glicose no organismo após as refeições e melhora a eficácia ou a sensibilidade à insulina. A canela também aumenta as defesas antioxidantes do corpo, que agem contra os radicais livres.

Por Paula Perdiz

Comente